Torres Novas | Fabrióleo cria nova empresa em Vendas Novas e habitantes já se queixam da poluição

Entrada da Fabrióleo em Carreiro da Areia, Torres Novas. Foto arquivo: mediotejo.net

A Fabrióleo, empresa de tratamento de óleos situada em Torres Novas, que recebeu ordem de encerramento por violação das regras ambientais – mas que continuou a funcionar depois de uma polémica decisão judicial, como o mediotejo.net noticiou em primeira mão – abriu uma nova empresa em Vendas Novas, a Extraoils – Oils 4 the Future, em nome do filho dos proprietários da casa-mãe. Desta forma, prosseguiu e alargou a sua atividade, e candidatou-se até a fundos comunitários.

PUB

Segundo uma investigação do Sexta Às 9, da RTP, a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo atribuiu uma verba de um milhão e 500 mil euros a esta nova empresa.

A televisão pública foi alertada para a situação por habitantes de Vendas Novas, que se queixam do cheiro insuportável de água putrefacta que se instalou na região desde que a empresa ali iniciou atividade. As mesmas queixas eram frequentes em Torres Novas, onde chegava a não ser possível estar nas salas de cinema do TorreShopping, devido aos odores nauseabundos trazidos pela Ribeira da Boa Água.

PUB

Contudo, em 2017, em entrevista ao nosso jornal, o diretor da empresa reiterou sempre que a Fabrióleo não era responsável pela situação calamitosa dos cursos de água em Torres Novas, lembrando que a empresa possui uma ETAR deste 1998 e que opera no mesmo local há 55 anos, sem qualquer “tipo de problemas ou reclamações como nos últimos dois anos”.

Protestos à porta do tribunal de Torres Novas contra a “impunidade” das empresas poluidoras Foto: mediotejo.net

O secretário de Estado João Paulo Catarino esteve na inauguração da nova empresa da família, mas disse à RTP que desconhecia quem eram os proprietários, ou seja, não teria conhecimento das suas ligações a outra empresa com um histórico de dezenas de contra-ordenações emitidas pela Agência Portuguesa do Ambiente.

PUB
O Secretário de Estado João Paulo Catarino, entre o autarca de Vendas Novas (à esq.) e Pedro Gameiro (à dir.), na inauguração da Extraoils, em junho do ano passado  Foto: Rádio Campanário

No dia da inauguração, em declarações à Rádio Campanário, o governante disse estar satisfeito por ver “territórios de baixa densidade com projetos tão bonitos em áreas de futuro”.

Pedro Gameiro (ou Pedro Silva, como ali se apresentou), filho dos proprietários e diretor da Fabrióleo, anunciou ao lado do governante que iria reforçar nos próximos anos a aposta na nova unidade em Vendas Novas, que representou para a empresa um investimento de seis milhões de euros.

Poluição na ribeira da Boa Água tem motivado protestos populares, exigindo da classe política uma solução que tarda em surgir. Foto: mediotejo.net

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here