Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Outubro 26, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Torres Novas | Dívida municipal abaixo dos 18 milhões

No âmbito da aprovação de um empréstimo de cerca de 1,3 milhão de euros para suportar a componente nacional de várias obras financiadas por fundos europeus, o presidente da Câmara de Torres Novas, Pedro Ferreira, adiantou na reunião camarária de 28 de dezembro, quinta-feira, o balanço das contas municipais de 2017. Segundo o autarca, a dívida do município encontra-se abaixo dos 18 milhões (tendo descido assim perto de dois milhões em relação a 2016) e o saldo de gerência deverá ficar nos 3 milhões de euros.

Pedro Ferreira fez um enquadramento da situação financeira do município por forma a salientar que há condições para se avançar com um empréstimo de cerca de 1,3 milhão de euros. A capacidade de endividamento situa-se atualmente nos 2,7 milhões, enumerou, as contas de gerência vão revelar um saldo de 3 milhões (mais um milhão que em 2016) e 2017 vai fechar o ano com uma dívida inferior a 18 milhões de euros (em 2016 ficou em 19.749.762,00).

João Quaresma de Oliveira (PSD) apelaria a cautela no que toca ao recurso a empréstimos, mas considerou que o município está no “bom caminho”. Tanto ele como o BE abstiveram-se na votação.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome