Torres Novas | CRIT espera “casa cheia” na Gala de Solidariedade

Um dos momentos fotográficos de uma Gala. Solidária Foto: mediotejo.net

As quatro edições anteriores da Gala de Solidariedade do CRIT – Centro de Reabilitação e Integração Torrejano têm esgotado a capacidade do Teatro Virgínia, em Torres Novas. A expectativa é que este ano, a 5ª edição, a realizar no sábado, dia 2 de novembro, pelas 21:30, volte a encher aquela sala de espetáculos.

PUB

Do cartaz fazem parte como artistas convidados a cantora Ágata, o fadista Nuno da Câmara Pereira, o ator João de Carvalho, a fadista Ana Lains, o cantor Berg, a banda The Peakles e os mágicos André Lopes e Zé Mágico. Como convidados especiais estão a Escola de Dança Rita Assis e o Conservatório de Música do Choral Phydellius.

A apresentação do espetáculo está a cargo do ator e atualmente médico na região José Carlos Pereira e da apresentadora de televisão Marta Viveiros. Este ano os embaixadores são Eládio Clímaco, Vera Mónica e Vitor Martins.

PUB

Presença habitual nos eventos do CRIT é o padrinho da instituição, o cantor Telmo Miranda.

Os bilhetes custam 13 euros para adultos e 5 euros para crianças até aos 12 anos.

Margarida Manta Luís, do Gabinete de Comunicação e Imagem do CRIT, prevê “uma noite alegre, bem passada e cheia de glamour”.

A Gala de Solidariedade tem como objetivos a angariação de verbas para fazer face às necessidades da instituição, que apoia cerca de 600 utentes por semana, desde pessoas portadoras de deficiência a famílias carenciadas, em 10 diferentes valências, que vão da área social e da reabilitação, à formação profissional, centro comunitário, ATL, Lar Residencial, entre outras.

Um dos projetos mais ambiciosos para os próximos tempos, é a construção de um lar em Alcanena, em parceria com a Câmara, que já cedeu o terreno necessário para o efeito, no centro da vila.

O CRIT garante cerca de 100 postos de trabalho.

PUB

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here