Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Novembro 27, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Torres Novas | Conferência sobre a Inquisição e a Ciência abre programa da Feira de Época

O município de Torres Novas vai promover uma conferência intitulada “Inquisição e Ciência em Portugal”, no âmbito da Feira de Época de 2019, tendo como orador o professor Francisco Malta Romeiras. A iniciativa decorre dia 24 de maio, sexta-feira, na Biblioteca Municipal Gustavo Pinto Lopes, a partir das 21h30. A entrada é livre.

- Publicidade -

Francisco Malta Romeiras (Lisboa, 1986) é licenciado em Bioquímica, mestre em Bioquímica Médica e doutorado em História e Filosofia das Ciências pela Universidade de Lisboa. É membro do Centro Interuniversitário de História das Ciências e Tecnologia (CIUCHT-Universidade de Lisboa) desde 2011. Foi Senior Research Fellow no Institute for Advanced Jesuit Studies (Boston College) em 2017 e Visiting Researcher no Oxford Centre for European History e Exeter College (Oxford University) em 2019.

A sua investigação tem-se focado na história do ensino e da prática das ciências nos colégios dos jesuítas (séculos XVIII–XX) e no papel desempenhado pela Inquisição na censura de obras e autores científicos (séculos XVI–XVII). Membro do conselho editorial da revista Brotéria desde Janeiro de 2013, coordenou com Henrique Leitão a edição da Obra Selecta do Padre Luís Archer S.J.

- Publicidade -

Em 2015, o seu livro “Ciência, Prestígio e Devoção: Os Jesuítas e a Ciência em Portugal (séculos XIX e XX)”  foi distinguido com uma Menção Honrosa na 24ª Edição do Prémio Victor de Sá de História Contemporânea. Recentemente publicou “Os jesuítas em Portugal depois de Pombal. História ilustrada”.

É membro de diversas sociedades científicas internacionais incluindo a Renaissance Society of America, a History of Science Society, a British Society for the History of Science e a Société Internationale d’Études Jésuites.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome