- Publicidade -

Torres Novas: Clube de Judo brilha na 33ª Seixalíada

O Clube de Judo de Torres Novas (CJTN) participou com 8 atletas na 33.ª Seixalíada e obteve dois primeiros lugares, prova que decorreu no Seixal no passado dia 1 de outubro e que contou com a presença de 327 atletas e 29 Clubes.

- Publicidade -

Esta prova foi apadrinhada pelo atleta Olímpico Nuno Delgado que marcou presença durante todo o torneio.

Em nota de imprensa, a direção do CJTN considera a participação no torneio como “muito positiva”, destacando-se o atleta Joaquim Serrano que obteve um brilhante 1º lugar, sendo acompanhado pelo Benjamim Pedro Costa que também se classificou em 1º Lugar, nos respetivos escalões.

- Publicidade -

Os restantes atletas obtiveram os seguintes resultados: Tomás Marujo, 2º – Tomás Filipe e Cristina Rodrigues, 3º – Duarte Cruz, André Batista e Manuel Marçal 4º e 5º Lugares.

1o-pedro-costa
Pedro Costa classificou-se em 1º Lugar no escalão de benjamins

Na mesma nota, o Clube de Judo de Torres Novas convida todos aqueles que gostem de Judo e queiram experimentar esta modalidade a visitar o seu Tatami no Palácio dos Desportos em Torres Novas às segundas, quartas e sextas-feiras das 19:00 às 20:30.

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).