Torres Novas | Casal de refugiados abandonou o concelho

foto mediotejo.net

O casal iraquiano de Bagdade, que chegou a Torres Novas em maio ao abrigo do programa de refugiados, já não se encontra no concelho. Eram ambos engenheiros, a senhora estava grávida na época e traziam uma criança de colo. A Câmara Municipal não sabe o que se terá passado nem para onde terão seguido, quando se apercebeu da situação já tinham ido embora.

PUB

Contactada a respeito do caso pelo mediotejo.net, a vereadora Elvira Sequeira explicou que apenas três dos oito refugiados que chegaram em maio se foram embora, tendo ficado o irmão e o outro casal com duas crianças que chegou na mesma ocasião. Os que permanecem, incluindo um outro casal que se encontra com as Irmãs de Cluny, continuam a aprender português através do apoio do município, trataram dos papéis de legalização e estão inclusive à procura de emprego, alguns tendo já conseguido. “O problema é mesmo na língua”, referiu (falam apenas árabe).

“Não sabemos para onde foram”, constatou a vereadora, explicando que simplesmente se foram embora sem avisar o município e que o caso está com o Conselho Português para os Refugiados. A autarca admitiu que possam ter existido alguns problemas de integração desta família, mas que o município fez os possíveis para ir ao encontro das necessidades.

PUB

A casa onde habitavam vai permanecer disponível para o programa de acolhimento de refugiados, referiu.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here