Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Julho 28, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Torres Novas: BE pede inquérito interno à concessão da Rodoviária

O Bloco de Esquerda (BE) pediu na reunião camarária privada de 4 de julho, segunda-feira, que o município proceda a um inquérito interno “no sentido de apurar responsabilidades políticas relativas ao terminal rodoviário de passageiros” do Nogueiral, cedido à Rodoviária do Tejo. O executivo PS votou contra a proposta. PSD e CDU abstiveram-se.

Segundo um comunicado do BE enviado às redações “tratava-se de averiguar quem tem travado, há vinte anos, as cobranças de rendas à Rodoviária do Tejo pela utilização da central de camionagem de Torres Novas”. “Não é possível continuarmos a assistir a este jogo do faz de conta do quem deve a quem, quem autorizou que se fizessem obras da sede da empresa, quem e quando é que acordou a divisão de custos das mesmas, porque não se atualizaram as rendas, quando é que a Rodoviária do Tejo começa a pagar as rendas pela utilização de um espaço que é publico, quem é que permitiu arrastar no tempo uma situação tão lesiva dos interesses públicos?”.

O mediotejo.net questionou o presidente da Câmara de Torres Novas, Pedro Ferreira, a respeito desta recusa em avançar com o inquérito interno. “Era aceitar que haveria alguma ilegalidade”, salientou. “Temos serviços altamente competentes que podem responder às dúvidas”, antes de se avançar para um inquérito interno. O autarca referiu que não está a fugir ao tema e que é um assunto que está a ser desenvolvido pelo executivo. “Defendemos a concessão”, explicou.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome