Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sábado, Julho 24, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Torres Novas: Águas do Ribatejo vai investir 12 milhões na despoluição da Bacia do Almonda

A empresa intermunicipal de saneamento Águas do Ribatejo conseguiu ver aprovadas duas candidaturas, no valor de 11 milhões de euros, para saneamento e abastecimento de água no concelho de Torres Novas.

- Publicidade -

No total são cerca de 12 milhões o valor do investimento no município, que vai permitir combater os problemas de poluição do rio Almonda. As obras nos sistemas de saneamento de Chancelaria/Pedrógão e Lapas/Ribeira devem arrancar este verão.

O investimento foi anunciado durante uma conferência de imprensa esta quarta-feira, 30 de março, em Torres Novas. A curto prazo, a Águas do Ribatejo vai investir no sistema de saneamento da Lamarosa e Árgea, no sistema de saneamento de Chancelaria/Pedrógão (5,5 milhões de euros em candidatura aprovada em concurso público internacional), no sistema de saneamento de Lapas/Ribeira Branca (5,5 milhões em candidatura aprovada em concurso público internacional) e na construção de uma conduta elevatória de abastecimento de água a Torres Novas.

- Publicidade -

Prevê-se ainda a substituição da conduta entre a A23 e o Reservatório de Cândido Reis e a requalificação do reservatório do Babalhau e interligação com Reservatório dos Carvalhais.

Segundo o presidente da Câmara de Torres Novas, Pedro Ferreira, os 13 Milhões de euros já investidos pela Águas do Ribatejo no concelho colocaram o abastimento de água em níveis de qualidade muito perto dos 100 por cento.

“As obras no saneamento deram um contributo significativo para a melhoria do Rio Almonda e de toda esta bacia. Infelizmente há ainda focos de poluição causados por descargas ilegais que não conseguimos evitar, mas há agora uma consciência coletiva de fiscalização e denúncia para acabar com essas situações”, referiu.

Cláudia Gameiro, 32 anos, há nove a tentar entender o mundo com o olhar de jornalista. Navegando entre dois distritos, sempre com Fátima no horizonte, à descoberta de novos lugares. Não lhe peçam que fale, desenrasca-se melhor na escrita

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here