- Publicidade -

Torres Novas: Acusado médico que fez diagnóstico errado em 2012

O Ministério Público deduziu acusação contra um médico que, alegadamente, terá feito, em março de 2012, um diagnóstico errado a uma mulher que morreu depois de dar entrada no serviço de urgência do Centro Hospitalar do Médio Tejo.

- Publicidade -

A acusação, deduzida pela secção de Torres Novas do Departamento de Investigação e Ação Penal de Santarém, foi feita ao arguido pela prática do crime de intervenção médica contra as ‘leges artis’ (leis da medicina).

O médico terá feito um diagnóstico errado e “terá prescrito medicação não adequada para o tratamento de uma infeção respiratória (pneumonia), o que, em consequência, veio a causar a morte da paciente”, segundo uma nota do Ministério Público.

- Publicidade -

Agência de Notícias de Portugal

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -