Tomar/Decatlo: Manuel Dias no Top 10 do Campeonato da Europa de Juvenis

Realizou-se, na semana transata, em Tbilisi, Geórgia, entre os dias 14 e 17 de Julho, a primeira edição dos Campeonatos da Europa de Juvenis, destinado a atletas com menos de 18 anos, tendo o tomarense Manuel Dias alcançado uma excelente prestação, situando-se nos 10 primeiros lugares da competição.

PUB

Em nota de imprensa, o seu treinador, Tiago Madureira, 34 anos, que treina o jovem atleta há cerca de três anos, em representação da Secção de Atletismo do União FCI de Tomar, disse que Manuel Dias iniciou a preparação da presente época em agosto de 2015, com um sonho: o de participar no Campeonato da Europa de Juvenis que recentemente se realizou. Para que o sonho pudesse ser tornado realidade, o atleta tomarense teria de alcançar pelo menos 6400 pontos na prova de decatlo.

Depois de uma gloriosa época de inverno de pista coberta, relata o técnico, onde Manuel Dias se sagrou Campeão Nacional de Juvenis no Heptatlo batendo o Recorde Nacional, era altura de começar a acordar para alcançar o objectivo europeu. Foi em Abrantes a 21 e 22 de maio do presente ano, que o atleta, com as cores do União de Tomar, logo no seu primeiro decatlo da época atingiu e ultrapassou a marca mínima exigida pela Federação Portuguesa de Atletismo, e com a cereja no topo do bolo, bateu, logo ali, o recorde nacional do decatlo de juvenis, com 6552 pontos.

PUB

Estava feito o mais difícil, o sonho era agora uma realidade, e Manuel Dias iria representar Portugal pela 3ª vez na sua curta carreira.

Manuel Dias chegou a estes campeonatos na sua melhor forma de sempre, e tinha como objectivo alcançar um lugar entre os 12 primeiros, melhorar a sua marca pessoal e mais importante que tudo isto, claro, desfrutar do ambiente e da experiência que é estar entre os melhores da Europa.

PUB

O decatlo é composto por 10 provas, que se realizam em dois dias, dividido em 4 jornadas: Na primeira jornada as provas são: 100m, Salto em Comprimento e Lançamento do Peso. Na segunda jornada: Salto em Altura e, para terminar o primeiro dia de competição, os 400m. No segundo dia, na terceira jornada: 110m Barreiras, Lançamento do Disco e Salto com Vara. Na quarta e última jornada: Lançamento do Dardo e 1500m.

Manuel Dias iniciou a sua participação nos Campeonatos da melhor maneira possível com três novos recordes pessoais em outras tantas provas. Correu os 100m em 11’’28, de seguida saltou 6,62m e terminou a jornada lançando o engenho de 5Kg a 14,04m. Não poderia ter começado melhor.

Na parte da tarde, na segunda jornada, após um bom aquecimento para a prova de Salto em Altura, a prova em si, não correu como esperado, transpondo a fasquia a 1,72m, algo longe do seu máximo pessoal que é de 1,79m, no entanto, não deixou de ser uma boa marca e nada que compromete-se os objectivos traçados. Para terminar o dia em beleza, mais um recorde pessoal, por larga margem, na prova de 400m, Manuel Dias deu uma volta à pista em 51’’72. Terminava assim um primeiro dia muito positivo, com o atleta tomarense na 11ª posição.

Chegava o segundo e último dia de competição, e, mais uma vez com o atleta unionísta a obter grandes marcas. Começou logo com um novo recorde pessoal na prova de barreiras, com a marca de 14’’69, marca essa que foi a 6ª melhor entre todos os atletas presentes. Logo de seguida, Lançou o Disco de 1Kg a 40,29m, marca muito próxima do seu melhor. Este lançamento voltou a colocar o tomarense entre os melhores, foi a 5ª melhor marca da competição. Seguiu-se a prova de Salto com Vara, uma disciplina que faz sempre a diferença nas contas finais de um decatlo, e Manuel Dias defendeu-se muito bem, transpondo a fasquia a 4,00, sendo o 7º melhor da competição. Terminava assim a penúltima jornada com o atleta do União de Tomar na 7ª posição. Na última jornada, o cansaço acumulado, de praticamente dois dias de competição, já era bastante elevado, e Manuel Dias teve o seu primeiro precalço à nona prova, no Lançamento do Dardo. O Atleta lançou o engenho de 600gr a 40,87m, marca muito longe do seu melhor que é na casa dos 46m. No entanto, como grande atleta que é, reagiu bem a este pequeno contratempo.

Restava apenas a prova de 1500m, que para os decatlonistas, é uma autentica maratona. Manuel Dias encontrava-se à partida para esta última prova na 10ª posição, ou seja a superar os objectivos inicialmente traçados, mas o atleta do União de Tomar não se contenta com o que já tem e procura sempre mais e melhor. Nesta última prova realizou uma marca próxima do seu máximo pessoal, precorreu os 1500m em 4’55’’48, deu tudo o que tinha e o que não tinha, e por isso, assim que cortou a meta caíu, literalmente, para o lado, sendo prontamente assistido pela equipa médica da competição.

Após alguns minutos o tomarense conseguiu recompor-se e dar a tradicional volta de honra ao estádio juntamente com os restantes decatlonistas.

Terminou assim o Decatlo de Manuel Dias que alcançou o 10º lugar da Europa, com um novo recorde pessoal, que é também, um novo recorde nacional do Decatlo de juvenis, com 6767 pontos.

Com esta importante prova do calendário internacional terminou mais uma época de pista da Secção de Atletismo do União FCI de Tomar, que ficou marcada mais uma vez com a excelência de resultados apresentados em todos os escalões etários, desde os benjamins aos veteranos.

Feito para já um pequeno balanço é possível registar o excelente trabalho de toda a secção, onde se destaca o magnifico trabalho de todos os treinadores e uma extrema dedicação dos seus atletas quer nos treinos quer nas competições.

A Secção de Atletismo do União FCI de Tomar

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here