Tomar | Vereadores da oposição fazem balanço dos últimos quatro anos de mandato

O vereador João Tenreiro (PSD) aproveitou a reunião desta segunda-feira, 18 de setembro, para fazer um balanço dos quatro últimos anos de governação do PS à frente dos destinos da autarquia, elencando um conjunto de situações que na sua opinião não foram “o caminho certo”.

PUB

Deu como exemplo o “fraco “desenvolvimento económico, a não revisão da Carta Educativa, o não ter sido traçada uma Carta da Saúde, nem um plano de desenvolvimento estratégico concertado e discutido com várias entidades. Também, no seu entender, “não há um Plano Municipal de Turismo, uma agência de promoção e investimentos, um conselho municipal de cultura, um programa de apoio ao arrendamento jovem, um regulamento da publicidade”, entre muitos outros temas levantados pelo vereador social democrata.

Também o vereador Pedro Marques, dos Independentes por Tomar, fez um pequeno balanço deste mandato sublinhando que é “avesso a pessoas com lapsos de memória”. Relembrou algumas obras agora concretizadas que foram propostas pela primeira vez pelos Independentes, caso da ponte do Carril, proposta apresentada em 2007.

PUB

Questionou o que é que se fez no Parque Empresarial, desde 1998. Recordou também a campanha de 1997 em que foi prometido um parque temático que, até agora, não existe, assim como o Flecheiro em que há uns anos foi aprovado financiamento para a 2.ª fase e “nada se fez”.

Sublinhou ainda Pedro Marques que “apontar o dedo a esta câmara em relação ao Parq T, só de alguém que não tem memória”. Pedro Marques deixou ainda a questão: “Que grandes investimentos houve nestes últimos 20 anos?”.

PUB
Elsa Ribeiro Gonçalves
Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).