Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Novembro 30, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar | Vereadora Célia Bonet (PSD) questiona ajustes directos da autarquia

A vereadora do PSD no executivo camarário de Tomar, Célia Bonet, fez uma intervenção na reunião de câmara de segunda-feira, 13 de maio, no sentido de questionar a opção dos ajustes directos feitos durante a gestão socialista.

- Publicidade -

“Nos últimos anos temos assistido no nosso concelho, por parte da gestão do município, a um elevado número de ajustes directos na contratação. Este procedimento, ainda que um recurso de gestão legal, deveria ser usado apenas em situações particulares e bem enquadradas o que não tem acontecido”, considerou, acrescentando que “durante os últimos quatro anos de governação socialista, assistimos por uma opção de ajuste directo em praticamente todas as áreas”.

A vereadora do PSD criticou ainda o facto de não se optarem por contratar empresas do concelho, uma vez que existem empresas competentes para responder a essas necessidades.

- Publicidade -

Célia Bonet quis esclarecer a recente contratação dos serviços de assessoria e consultadoria jurídica a uma sociedade de advogados no valor de 150 mil euros, pretendendo saber porque razão não prestam os juristas da autarquia este serviço. Quis ainda saber qual tem sido a intervenção da advogada sindica dos SMAS – serviço que não tem personalidade jurídica- pedindo que lhe seja facultado um relatório com os assuntos em que interveio.

A presidente da autarquia, Anabela Freitas (PS) explicou que os cinco juristas da autarquia, por impedimento legal, não podem representar a Câmara em tribunal. Em relação à advogada sindica dos SMAS, esclareceu que a mesma intervém em todos as questões de contra-ordenação.

 

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome