Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Novembro 27, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar | Vendedores de plantas hortícolas e sementes regressam ao mercado

A feira semanal de Tomar, que decorre nas imediações do Mercado Municipal todas as sextas-feiras, vai ser retomada gradualmente a partir desta semana, indica a autarquia. Os primeiros a regressar serão os vendedores de plantas hortícolas e sementes. Recorde-se que a feira semanal está suspensa desde a entrada em vigor do novo confinamento.

- Publicidade -

Segundo a autarquia, a exemplo do que aconteceu em 2020, a feira semanal será retomada faseadamente no exterior do Mercado. Começando com o regresso da venda de plantas hortícolas e sementes, e consoante a avaliação da situação epidemiológica, avançarão os vendedores de árvores, produtos hortícolas e frutas, depois o setor dos animais vivos e na fase final será retomada a venda de utilitários, plásticos, ferramentas, vestuário e sapatos e outros.

“Dá-se assim oportunidade aos consumidores de adquirirem estes produtos necessários para a época de sementeiras, mantendo todavia todas as condições de segurança”, afirma a Câmara Municipal em comunicado.

- Publicidade -

Na passada reunião de Câmara, o vereador Hélder Henriques, com o pelouro das Feiras e Mercados, deu ainda conta de que foi cumprida proposta dos vereadores do PSD para reforço de equipamentos de recolha e separação de resíduos no Mercado Municipal, possibilitando maior eficácia na recolha de papel e cartão, embalagens e vidro, por forma a evitar que fossem deixados resíduos espalhados nas imediações do mercado e alargando a capacidade para deposição dos mesmos.

Por outro lado, o município disse já ter contactado a PSP para levar a cabo uma campanha de sensibilização junto dos operadores da feira semanal, com atividade na zona do parque de estacionamento, para que não deixem os resíduos que regularmente se verificam e amontoam à sexta-feira naquele local.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome