Tomar | Tarifário de água, saneamento e resíduos reduz 15,39% na fatura dos munícipes em 2020

Hugo Cristóvão e Anabela Freitas durante a reunião do executivo municipal. Foto: mediotejo.net

Foi aprovado por unanimidade em reunião de Câmara de Tomar de segunda-feira, dia 28 de outubro, o tarifário nos serviços de abastecimento de água, saneamento e recolha de resíduos a ser praticado em 2020 com entrada em atividade da nova empresa intermunicipal Tejo Ambiente. Para os tomarenses, este novo tarifário traz boas notícias, esperando-se a partir de janeiro uma redução de 15,39% em relação ao tarifário em vigor no corrente ano.

PUB

Este ponto vem no seguimento de deliberação tomada pelo Conselho de Administração dos SMAS, em reunião realizada a 7 de outubro, submetendo a aprovação do Executivo Municipal o tarifário para 2020, a praticar pela empresa intermunicipal Tejo Ambiente.

Anabela Freitas (PS), autarca tomarense, referiu que “apesar do serviço de água, saneamento e resíduos sólidos passar a ser feito pela Tejo Ambiente, irá competir à Câmara aprovar os tarifários a praticar”.

PUB

Algo transversal a todos os municípios envolvidos, incluindo Ourém, Sardoal, Mação, Vila Nova da Barquinha e Ferreira do Zêzere, uma vez que é uma competência das autarquias aprovar o tarifário.

Quanto ao tarifário a praticar no próximo ano no concelho de Tomar representa uma redução para os munícipes de 15,39% em relação ao tarifário do corrente ano.

PUB

Em Ourém haverá redução de 1,10%, em Ferreira do Zêzere baixará 16,45%, Barquinha reduz 4,59%. Já Sardoal e Mação preveem o aumento de tarifário em relação ao até então praticado.

Sendo regulado o setor pela ERSAR, já foram comunicados os tarifários a praticar no ano que vem, e estão de acordo com o estudo de viabilidade económica e financeira.

Recorde-se que a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo (CIMT) formalizou a 1 de julho, em Tomar, a constituição da Tejo Ambiente, empresa intermunicipal que junta seis das 13 autarquias da região e que prevê investimentos de 124 milhões de euros ao longo de 30 anos nos municípios de Ferreira do Zêzere, Mação, Ourém, Sardoal, Tomar e Vila Nova da Barquinha.

A criação desta nova empresa visa a redução de perdas de água, a redução do caudal de efluentes drenados, aumentar a quantidade de resíduos a recolher para reciclagem, a redução da idade média da frota de veículos, a renovação integral do parque de contentores em cada 10 anos, e a implementação de um conjunto de ferramentas de gestão que vão permitir a otimização de circuitos, a gestão de frotas e a gestão da caraterização de resíduos.

Com uma estrutura repartida entre uma sede, em Ourém, e um Centro de Engenharia e Tecnologia, em Tomar, a empresa intermunicipal vai ter ainda um centro operacional por município, com gestão da operação, manutenção de redes e loja de atendimento, garantindo a capacidade de resposta e proximidade ao cliente.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here