PUB

Tomar | Situação “preocupante” com grande aumento de casos covid-19 na comunidade

A situação epidemiológica no concelho de Tomar é atualmente “preocupante”, refere o Comando Municipal de Proteção Civil, após reunião semanal nesta segunda-feira, dia 11 de janeiro. Refere-se que “o número de casos diários positivos à covid-19 nas primeiras semanas de janeiro (266) já ultrapassa o número total de infeções detetadas no mês de dezembro (249)”, sendo que este aumento de casos sucede na comunidade.

PUB

O Comando Municipal refere existir especial preocupação com “o aumento de casos na comunidade, embora exista também um elevado registo de infeções detetadas em lares e ainda noutras instituições/entidades mas, nestas últimas, em número reduzido e controlado”.

Foto: CMT

PUB

De referir que o posto de Comando Municipal de Proteção Civil de Tomar, instalado no Quartel de Bombeiros de Tomar, mantém o acompanhamento do desenvolvimento da epidemia da doença por coronavírus (covid-19) através da monitorização e vigilância epidemiológica no concelho.

Na mesma reunião, foi referido que “o Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) informou que a situação está complicada a nível de recursos e lotação tendo sido aumentado o nível do plano de contingência. Como medidas, pretendem abrir mais uma enfermaria Covid e o Serviço de Ortopedia de Abrantes foi transferido para a Unidade Hospitalar de Tomar”.

PUB

De acordo com os dados enviados pela Unidade de Saúde Pública do ACES Médio Tejo, detetaram-se 213 novos casos de infeção em Tomar na última semana (4 a 10 de janeiro 2021), encontrando-se 203 indivíduos em vigilância ativa.

Desde março de 2020, registou-se no concelho um total de 971 pessoas com testes positivos à covid-19, tendo recuperado da infeção 592 indivíduos.

PUB
PUB
Joana Rita Santos
Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.
PUB

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).