Tomar | Saúde Mental e práticas escolares debatidas em Cem Soldos numa jornada educativa

A Associação SCOCS, a APEECS (Associação de Pais e Encarregados de Educação das Escolas de Cem Soldos) e o corpo docente das escolas de Cem Soldos, pertencentes ao Agrupamento de Escolas de Nuno Santa Maria, organizaram no sábado, 24 de março, a primeira edição da EIRA – Jornada Educativa de Cem Soldos. O evento contou com mais de uma centena de participantes, contando com quatro painéis de diferentes  temáticas.

PUB

O primeiro painel, dedicado à saúde mental foi composto por António Nabais (Enfermeiro Chefe da Especialidade de Pedopsiquiatria no Hospital  D. Estefânia) e Paula Carvalho (Enfermeira Especialista Saúde Mental e  Psiquiatria). Os oradores deram destaque à importância da vivência emocional  das crianças para o seu desenvolvimento saudável. Numa outra sessão, foram discutidas as possibilidades e limites da exposição precoce das novas tecnologias por Henrique Mourisca (IBM  SoftINSA), Ana Batalha (Sala do Futuro, Agrupamento de Escolas Atouguia  da Baleia), e Jorge Silva (Psicólogo).

A Jornada Educativa contou com duas sessões adicionais dedicadas às praticas educativas. Uma incidiu sobre o projeto educativo alternativo das escolas de Cem Soldos, o ESCOLA ALDEIA, baseado na sua relação com a  comunidade. Contou com os testemunhos das professoras (Anabela Queiroz, Maria José Matos e Ana Nogueira) e da evolução do projeto  desenvolvido pela associação (Miguel Atalaia, SCOCS), a par com a  participação do presidente da Associação de Pais da Escola Voz de  Operário da Ajuda (Lisboa), que partilhou a experiência dessa escola  na implementação de um currículo alternativo (Fábio Correia).

PUB

Por fim, a segunda sessão orientada para as práticas escolares contou com a presença de Luísa Oliveira, Diretora da Direção Geral da  Administração Escolar, que fez a apresentação do Perfil dos Alunos à  Saída da Escolaridade Obrigatória – um recente documento de referência para a organização do sistema educativo.

A mesma sessão contou ainda com a presença de Celeste Sousa, Directora do Agrupamento de Escolas Nuno de Santa Maria, que se fez acompanhar por alguns alunos das escolas do agrupamento. Os alunos apresentaram as suas sugestões para a escola, em resultado dos debates desenvolvidos no âmbito da  iniciativa “A Voz dos Alunos”.

A primeira edição da EIRA – Jornada Educativa de Cem Soldos teve como objetivo promover um espaço de debate alargado que pretende ser anual e estruturado pelo contributo de especialistas e de estudos de caso pertinentes. Pretendeu-se discutir o papel dos pais, professores e comunidade educativa na escola e no desenvolvimento das crianças, para promover uma vivência escolar mais rica e uma comunidade educativa mais ativa, em busca de complementos com projetos educativos desafiantes e capazes de melhorar a qualidade do ensino no Séc. XXI.

PUB
PUB
Elsa Ribeiro Gonçalves
Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).