Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Julho 28, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar | Rui Serrano abandona executivo camarário de Tomar

Rui Serrano apresentou esta segunda-feira, 21 de novembro, a renúncia ao mandato enquanto vereador no executivo camarário de Tomar. A informação foi prestada pela presidente da Câmara, Anabela Freitas (PS), no início da reunião desta tarde, não sendo conhecidos os motivos pelo qual tomou esta decisão.

O vereador, eleito pelo Partido Socialista, mantinha-se no executivo camarário sem pelouros desde o dia 30 de agosto – altura em que entregou os pelouros pela segunda vez este ano –  tendo chegado, inclusive, a votar contra o sentido da coligação PS-CDU que gere os destinos da autarquia.

img_0433
Reunião de câmara desta segunda-feira realizou-se já com a cadeira de Rui Serrano vazia Foto: mediotejo.net

Foi graças ao seu voto que, por exemplo, as reuniões de câmara passaram a ter uma periodicidade semanal. Com a renúncia, será substituído por um novo vereador da confiança do Partido Socialista pelo que a coligação ganha uma nova consistência.

Em relação ao substituto de Rui Serrano, Anabela Freitas –  que recebeu esta notícia precisamente no dia em que comemora o seu 50.º aniversário – não quis adiantar ao mediotejo.net mais sobre este assunto uma vez que terá que “falar com as pessoas primeiro”.

Os nomes que se seguem a Rui Serrano, na lista do PS para a Câmara de Tomar, são o de Anabela Estanqueiro e Virgílio Saraiva mas ambos exercem atualmente funções que os tornam incompatíveis para o cargo: o de advogada sindical da câmara e chefe de gabinete, respectivamente. Outro nome em cima da mesa é Rui Sant’Ovaia, o número 6 da lista socialista à câmara.

anabela-estanqueiro-808840517_n
Anabela Estanqueiro é o nome que sucede a Rui Serrano nas listas do PS mas a advogada foi contratada pela Câmara pelo prazo de três anos. Foto: DR

virgilio-saraiva
Virgílio Saraiva foi nomeado chefe de gabinete em janeiro deste ano Foto: mediotejo.net

O mediotejo.net tentou contactar Rui Serrano para saber quais os motivos que estão na origem da renúncia mas este não atendeu o telemóvel. Apurou, no entanto, que a sua saída da cena política estará relacionada com motivos profissionais.

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome