Quinta-feira, Março 4, 2021
- Publicidade -

Tomar | Remoção de fibrocimento na EB 2/3 Gualdim Pais já arrancou

A substituição das coberturas de fibrocimento na EB 2/3 Gualdim Pais, em Tomar, já iniciou após validação do plano de segurança pela ACT (Autoridade para as Condições do Trabalho) para a empreitada. A obra foi consignada no dia 4 de fevereiro à empresa Tropichance – Metalúrgica e Construções Lda. pelo valor de 199.980€, com duração prevista de 60 dias.

- Publicidade -

Os trabalhos “só podem ser realizadas sem ocorrência de chuva e, preferencialmente, durante os períodos de interrupção letiva como acontece de momento devido ao atual confinamento geral”, refere a autarquia em nota de imprensa.

“A fiscalização acompanhará diariamente o processo de remoção e os trabalhos decorrerão por edifício, sendo retirada a cobertura e reposta de seguida. A retirada das peças, para além de outras medidas, é feita após o seu humedecimento, para minimização da formação de poeiras e imediatamente encapsulado”, pode ler-se.

- Publicidade -

O Município esclarece ainda que “o risco para os funcionários das escolas é mínimo, uma vez que não estarão presentes no edifício em manutenção, sendo inexistente o risco para os moradores das habitações junto às escolas, devido à distância do local da intervenção e devido às medidas de segurança acauteladas”.

Conforme o mediotejo.net já havia divulgado, a autarquia também já tinha consignado, a 25 de janeiro, as obras de substituição das coberturas de fibrocimento nas escolas de Santa Iria e de Santa Maria dos Olivais à empresa Fachaimper, Lda.

A previsão era de que as obras arrancassem a 27 de janeiro, com duração prevista de 60 dias e um custo de 116 mil euros para a Escola de Santa Maria dos Olivais e de 110 mil euros para a Escola de Santa Iria.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).