Tomar | Rancho Folclórico da Peralva fica sem espólio após assalto à sua Sede

A sede do Rancho Folclórico “Os Camponeses” da Peralva, na freguesia de Paialvo, foi assaltada na noite de sexta-feira para sábado, 7 de abril, causando milhares de euros de prejuízo a este grupo etnográfico. De acordo com os responsáveis do Rancho, para além da destruição provocada na porta de entrada, foram furtadas bebidas, especiarias, tacho, panelas, talheres, travessas, terrinas, máquina de café, televisão, microfones, espólio do rancho, trajes, sapatos, lembranças, entre outros. Não foi a primeira vez que a sede foi alvo dos amigos do alheio.

PUB

Mais preocupante foi mesmo o espólio que foi levado tendo, segundo informação dos responsáveis do rancho, desaparecido “anos de trabalho, de esforço da comunidade em prol da comunidade”. Na sua página do facebook,  lançaram um apelo para que todos ajudem a reerguer a coletividade.

“Mais uma vez os amigos do alheio, gente desrespeitadora roubaram e destruíram património da comunidade. Tudo lhe serviu, bebidas, mercearias, tacho, panelas, talheres, travessas, terrinas, máquina café, tv, microfones… espólio do rancho, trajes, sapatos, lembranças… tudo serviu para levar. Anos de trabalho, de esforço da comunidade em prol da comunidade. Pedimos ajuda de todos para nos reerguermos e mais uma vez superar este infortúnio”, escreveram.

PUB

A vereadora da Cultura, Filipa Fernandes, dirigiu-se ao local no sábado, acompanhada pelo presidente da Junta de Paialvo, Amâncio Ribeiro, para dar algumas palavras de conforto aos dirigentes.

PUB
Elsa Ribeiro Gonçalves
Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).