- Publicidade -

Tomar | PS defende fiscalização e apuramento das fontes poluidoras do Nabão

O grupo parlamentar do PS recomendou ao Governo a promoção de medidas urgentes que assegurem o financiamento da despoluição do rio Nabão, que atravessa vários concelhos dos distritos de Leiria e Santarém, e o apuramento das fontes de poluição.

- Publicidade -

Em comunicado, o grupo parlamentar do PS (GPPS) adianta a entrega na Assembleia da República de um projeto de resolução, que tem como primeiros subscritores os deputados socialistas eleitos por Santarém, Hugo Costa, António Gameiro, Manuel Afonso e Mara Lagriminha, no qual é também é pedida a fiscalização da situação.

Na nota, o GPPS lembra que nos últimos anos têm havido muitas manifestações de descontentamento das populações relativamente a descargas poluentes no Rio Nabão, preocupação que é partilhada pelos autarcas eleitos por aqueles círculos eleitorais e que já levou à apresentação de várias queixas-crime pela Câmara Municipal de Tomar.

- Publicidade -

No diploma, os socialistas defendem que, “perante a premência de encontrar uma solução definitiva” para esta situação, com graves consequências para o ambiente e para a saúde pública, “urge apresentar um conjunto de recomendações urgentes ao Governo”.

O GPPS quer que o Governo “promova o adequado apuramento das fontes poluição do Rio Nabão, através da articulação entre as entidades relevantes e/ou competentes nesta matéria” e “garanta a necessária fiscalização”, e pede também ao Governo a promoção de “medidas que visem encontrar financiamento para a despoluição da bacia hidrográfica”.

“Trabalhar para o financiamento da despoluição do Rio Nabão é um objetivo do grupo parlamentar do Partido Socialista. A despoluição do rio é crucial para a qualidade de vida da população”, defende o deputado Hugo Costa, primeiro subscritor do projeto de resolução do PS.

Agência de Notícias de Portugal

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).