Tomar: Proteção Civil do concelho reuniu para prevenir efeitos do calor

Foto DR

Devido à vaga de calor que se tem feito sentir, o Serviço de Proteção Civil do Município de Tomar reuniu recentemente para analisar as “eventuais iniciativas que venham a ser ativadas pelos diversos organismos, nomeadamente a Autoridade Nacional de Proteção Civil ou a Direção Geral de Saúde, de modo a sanarem quaisquer efeitos destas condições climatéricas”, refere a autarquia em comunicado.

PUB

O Plano Prévio de Intervenção – Ondas de Calor esteve em análise durante esta reunião da Proteção Civil, uma vez que o mesmo poderá vir a ser acionado “no caso de se registarem as condições ali previstas”, refere a nota de imprensa da autarquia de Tomar que acrescenta ainda que foram discutidos os “locais de acolhimento previstos em caso da ativação do Plano”.

Refira-se que o Agrupamento dos Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo, é o único a nível nacional que já tem esta plano aprovado.

PUB

“Os responsáveis salientaram que não existem razões para alarme, embora devam ser encorajadas as medidas de prevenção, nomeadamente a proteção dos raios solares e a ingestão de água”, conclui a nota de imprensa da autarquia de Tomar.

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

pub

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here