Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Terça-feira, Setembro 28, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar: projecto que ganhou orçamento participativo em 2015 vai ser reformulado

O executivo camarário de Tomar aprovou na reunião desta segunda-feira, 18 de julho, alterações ao projecto que ganhou o orçamento participativo em 2015 e que consiste na construção de uma ciclovia entre o Prado à Arrascada, na antiga freguesia da Pedreira, no território da União de Freguesias de Além da Ribeira e Pedreira numa distância de 3630 metros.

- Publicidade -

Falamos de uma obra que já deveria ter sido concluída no ano passado mas que ainda nem sequer teve início uma vez que o projecto teve que ser reformulado e submetido a um conjunto de pareceres.

3625f582fffb330b3955fdae9caff5d0

- Publicidade -

A obra, inicialmente orçada em 100 mil euros, vai agora custar 135 mil euros, sendo que vai ser eliminado o parque de merendas que estava pensado ao longo do percurso (no chamado nó 4)  e construído um passadiço entre a Quinta da Granja e Pedreira.

“Há uma nova ligação, um passadiço de madeira em leito de cheia que não estava previsto no projecto e que foi submetido à consulta de 8 entidades que emitiram os seus pareceres e por isso foi tão moroso”, explicou o vereador Rui Serrano.

Deste modo, a revisão do projecto vencedor do orçamento participativo foi aprovada, por unanimidade, nos seguintes moldes: retirar do projeto o designado nó 4; alterar o tipo de pavimento do troço intermédio (troço 2), de “tout-venant” para pavimento em madeira apoiado em estacas cravadas no solo e o valor total da obra estimado foi cifrado em 135 mil euros, acrescido do IVA à taxa legal.

A obra vai demorar três meses a ficar concluída, informou o mesmo vereador, prevendo-se que em setembro já esteja a funcionar esta ciclovia.

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome