Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sexta-feira, Outubro 22, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar | Politécnico acolhe Gala Solidária da Sociedade Filarmónica Gualdim Pais

O Auditório do Instituto Politécnico de Tomar vai receber na sexta-feira, 7 de dezembro, a partir das 21 horas, a I Gala Solidária da Sociedade Filarmónica Gualdim Pais (SFGP), que levará a palco vários momentos de música e dança.

- Publicidade -

Será uma Gala Solidária “porque as dificuldades financeiras de uma instituição como a SFGP e de uma Escola de Música são sempre sentidas e ainda mais nos anos em que temos que negociar alguns contratos de patrocínio com o Ministério da Educação”, explicou Alexandre Antunes, presidente da direcção da SFGP. A Sociedade Gualdim Pais tem diversas valências, que abrangem a área social, cultural e desportiva.

Evento foi apresentado em conferência de imprensa Foto: mediotejo.net

- Publicidade -

O evento vai ter lugar no auditório do Instituto Politécnico de Tomar, que se associa a esta iniciativa solidária ofertando uma t-shirt alusiva ao evento, cujo desenho foi criado no Departamento de Artes Gráficas. Maria do Rosário Baeta Neves realçou que o Politécnico tem vindo a trabalhar numa maior ligação à comunidade, ajudando a construir e a promover esta iniciativa que emerge da sociedade civil, de âmbito cultural e social. “Sentimos isso na nossa missão e queremos estar, em conjunto com a Câmara de Tomar e outras empresas, presentes no próximo dia 7 nesta Gala”, disse.

Nuno Leal, maestro e professor na SFGP, explicou o que vai acontecer nesta Gala Solidária, com duas partes distintas: uma será dedicada à dança, com a apresentação de vários apontamentos de ballet clássico, e a segunda parte será preenchida com a Filarmónica Gualdim Pais, que irá executar algumas obras com o coro da Escola Música, prevendo-se cerca de 80 jovens em palco, integrando a Banda Juvenil e o coro da escola.

O vice-presidente da autarquia, Hugo Cristóvão, valorizou o trabalho conjunto das instituições do concelho, sublinhando que, no que diz respeito ao associativismo, existem cerca de 200 associações das mais diversas naturezas, sendo que os recursos acabam por ser parcos. “Por isso, e mesmo que não fosse por questões financeiras, o trabalho de parceria entre estas instituições, de partilha de recursos, problemas e soluções, é cada vez mais importante”, disse, dando os parabéns ao Politécnico por ter acolhido esta iniciativa. “Este é um exemplo concreto em que as entidades podem partilhar recursos”.

Há cerca de 400 bilhetes à venda, com preços entre 10 e 20 euros, e podem ser adquiridos na SFGP e no IPT.

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome