Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Sábado, Julho 31, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar: Polícia Judiciária deteve homem e apreendeu armas proibidas

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, identificou e deteve um homem, pintor, presumível autor dos crimes de ofensa à integridade física qualificada e fabrico, detenção e uso de armas proibidas.

- Publicidade -

De acordo com a nota de imprensa da Polícia Judiciária, “no passado mês de fevereiro, em Tomar, o ora detido produziu artesanalmente duas armas de fogo ilegais, vulgarmente designadas por ‘ratoeira de fogo’ ou ‘armadilha de fogo’, com mecanismo de disparo de cartuchos de calibre 12, acionado por sistema de tração constituído por arames, para caça ilegal de animais selvagens de médio porte”.

“Com esse propósito as armas foram dissimuladas no solo, sob vegetação, sendo uma delas ativada inadvertidamente por um transeunte, que foi atingido por disparo que lhe provocou lesão grave nos membros inferiores”, acrescenta a Polícia Judiciária.

- Publicidade -

No decurso da investigação foram apreendidas as duas armas de fogo e componentes diversos destinados ao fabrico de outras idênticas, bem como um aerossol de defesa, também proibido, informa a Polícia Judiciária.

O detido, com 44 anos de idade, foi presente à autoridade judiciária competente, ficando sujeito a medida de coação de termo de identidade e residência.

Arma proibida apreendida pela Polícia Judiciária (Foto:Polícia Judiciária)
Arma proibida apreendida. Foto: Polícia Judiciária

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome