Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quinta-feira, Julho 29, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar põe milhares de pessoas no Congresso da Sopa, um evidente caso de sucesso (c/vídeo)

O pavilhão Municipal Cidade de Tomar foi pequeno de mais para todos os que quiseram ir ao 23.º Congresso da Sopa neste sábado, 7 de maio. O evento gastronómico, que tem fins solidários dado que as receitas revertem a favor do CIRE – Centro de Integração e Recuperação de Tomar, costuma realizar-se ao ar livre, no Mouchão Parque mas a chuva “empurrou” os comensais para o Pavilhão desportivo, ali mesmo ao lado.

- Publicidade -

IMG_5228
Pavilhão Municipal encheu-se de pessoas

Sopa de corno, sopa da sogra, sopa do mar ou sopa templária foram apenas algumas das 65 variedades confeccionadas por 37 cozinheiros, marcando ainda presença 14 vinhos provenientes de 5 produtores. O advogado e eleito da assembleia municipal, João Henriques Simões é um confesso apreciador de sopa e disse mesmo que a sua preferida foi a sopa de Corno, que estava a ser distribuída na barraquinha do Grupo Forcados Amadores de Tomar.

- Publicidade -

IMG_5242
João Henriques Simões é um apreciador de sopa

Sempre com a chuva a cair cá fora, o pavilhão encheu por completo, estando a animação a cargo da ADIRN – Associação de Desenvolvimento do Ribatejo Norte com danças, vestuário e, claro, uma sopa medieval.

IMG_5198
Foram servidas 65 variedades de sopa

Como é habitual, cada restaurante, instituição ou adega vai receber 100 euros pela sua participação na iniciativa sendo que parte dos lucros do evento – 5 mil euros –  revertem a favor do CIRE – Centro de Integração e Reabilitação de Tomar.

IMG_5235
Há quem regresse todos os anos como é o caso de António Tavares

IMG_5212
Animação do evento esteve a cargo da ADIRN

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome