Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Julho 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar: Parque de Campismo encerra e muda de finalidade

O parque de Campismo de Tomar vai encerrar nos meses de dezembro e janeiro para manutenção, de acordo com o que disse o vereador Hugo Cristóvão (PS) esta segunda-feira, 10 de outubro, data da última reunião de câmara. O equipamento, que se localiza perto do centro da cidade, irá reabrir novamente, não como parque de campismo mas como equipamento turístico.

- Publicidade -

img_9610
Encerramento do Parque de Campismo foi debatido na última reunião de câmara foto:mediotejo.net

Inaugurado em 1972, o Parque de Campismo de Tomar não se encontra no Plano de Pormenor, que prevê a relocalização do mesmo em terrenos privados, na zona norte do plano de pormenor junto ao Parque do Açude de Pedra. Refira-se que a ASAE – Autoridade de Segurança Alimentar e Económica inspeccionou o parque de campismo, em julho passado, pelo facto do mesmo se encontrar numa situação ilegal, desconhecendo-se ainda o valor das coimas aplicadas ao município.

- Publicidade -

parque-de-campismo-de-tomar
O parque de Campismo situa-se à beira do rio Nabão e perto da zona desportiva

“Neste momento temos pessoas que ainda estão a usufruir do Parque de Campismo, vamos ter que começar a deixar as pessoas sair e esperar que venha mais um Inverno para o fechar”, referiu Anabela Freitas na última sessão de assembleia municipal, acrescentando que o mesmo vai ser remodelado “dando-lhe outra utilidade para fins turísticos mas deixará de ser, efectivamente, Parque de Campismo tal como o conhecemos porque não existe oficialmente”.

Na reunião de 10 de outubro, João Tenreiro, vereador do PSD referiu que a autarquia devia tomar uma posição pública afim esclarecer os munícipes sobre o que se passa com o Parque de Campismo. Já o vereador Rui Serrano apresentou uma proposta – que será discutida na reunião seguinte – no sentido de “promover, de imediato, junto da CCDRLV, a suspensão do Plano de Pormenor do Parque Desportivo e Açude de Pedra, com a aplicação de medidas preventivas e a sua consequente revisão, no sentido de viabilizar a legalização do Parque de Campismo Municipal de Tomar, e enquadrar os respectivos investimentos privados já apresentados a este Município”.

Recorde-se que o Parque de Campismo de Tomar esteve encerrado seis anos – entre 2002 e 2009 – tendo sido aberto no mandato de Corvêlo de Sousa (PSD) após 95 mil e 293 euros de investimento, obras a cargo do Departamento de Obras Municipais.

O parque tem capacidade para 100 caravanas e 50 tendas, podendo acolher 250 utentes.

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here