Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Agosto 4, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar: O cinema de Ingmar Bergman inspira livro de António Júlio Rebelo

A obra cinematográfica de Ingmar Bergman inspirou o livro de António Júlio Rebelo, que foi lançado na quarta-feira, dia 14, no Cine-Teatro Paraíso. O escritor regressou ao concelho onde nasceu para falar sobre o mundo em que “homens e mulheres são suportados pela maldade que cresce e se evidencia” retratado pelas imagens do cineasta sueco.

- Publicidade -

O lançamento de “A Maldade no Cinema de Ingmar Bergman” (Edições Colibri) contou com apresentação de António Pedro Barroso Dias, licenciado em História pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

Foi ainda exibido o filme “Lágrimas e Suspiros”, realizado em 1972 por Ingmar Bergman, ao que se seguiu um debate sobre o tema.

- Publicidade -

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome