- Publicidade -

Tomar | Novas Áreas de Reabilitação Urbana para Olalhas, Cem Soldos, Pedreira, Asseiceira e Paialvo

A Câmara Municipal de Tomar aprovou em reunião de executivo as propostas de delimitação das novas cinco Áreas de Reabilitação Urbana (ARU) para os centros históricos de Olalhas, Cem Soldos, Pedreira, Asseiceira e Paialvo. Estes documentos serão agora sujeitos à apreciação da Assembleia Municipal.

- Publicidade -

O objetivo da implementação de ARU é permitir “implementar medidas especiais de incentivo à proteção do património edificado e ao desenvolvimento sustentável nestes que são alguns dos centros urbanos com um património edificado mais impactante das freguesias do concelho”.

Em causa está, após entrada em vigor da ARU, a atribuição de diversos benefícios no que toca ao IVA, IRS, IMI, IMT e taxas municipais que discriminem positivamente quem invista na requalificação e reabilitação de edificado.

- Publicidade -

“A reabilitação urbana é hoje uma das mais importantes estratégias de qualquer comunidade que queira revitalizar-se, não só nas zonas históricas ou que apresentem sinais de deterioração, mas em todo o espaço urbano, permitindo criar um lugar que funcione como um todo dinâmico, valorizando as suas características e respondendo às necessidades dos cidadãos”, refere a autarquia em comunicado.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).