Quinta-feira, Março 4, 2021
- Publicidade -

Tomar: nova “luz verde” para construção de um campo de golfe nos Pegões

O executivo camarário de Tomar aprovou na reunião desta segunda-feira, 24 de outubro, uma nova minuta para o contrato de urbanização, no âmbito do Plano de pormenor dos Pegões, que dá novamente luz verde ao projecto de construção de um campo de golfe naquela zona, uma ambição que já conta uma década.

- Publicidade -

img_9903
Executivo camarário recomeçou processo para viabilizar investimento Foto: mediotejo.net

A presidente da autarquia, Anabela Freitas (PS) explicou que já existe “um conjunto de investidores interessado” em apostar naquele local. “Este investimento já foi sinalizado junto do Turismo do Centro de Portugal. É óbvio que o que nos interessa ali é a construção de um campo de golfe”, afirmou.

- Publicidade -

A primeira abordagem para a construção de um campo de golfe, junto ao Aqueduto dos Pegões, em Tomar já conta dez anos. Foi feita em dezembro de 2006, numa carta enviada à câmara onde os promotores manifestavam a sua intenção de “promoverem uma estrutura turística e um campo de golfe de elevada qualidade”.

Em outubro de 2008, foi anunciado pela primeira vez que Tomar iria ver nascer um empreendimento turístico (Resort) e campo de golfe na cidade, junto ao Aqueduto dos Pegões. Para este projecto ter sido aprovado foi necessário alterar o Plano de Pormenor de Pegões, que não previa a construção de empreendimentos turísticos. O projecto viria a ser aprovado por unanimidade numa reunião de executivo camarário que era, na altura, presidido por Fernando Corvêlo de Sousa (PSD) mas nunca chegou a avançar.

img_9920
Desde 2008 que os tomarenses ouvem falar da possibilidade da construção de um campo de golfe nesta zona Foto: mediotejo.net

A Câmara de Tomar decidiu agora recomeçar tudo de novo. Aprovou indeferir o pedido de prorrogação do prazo por parte dos investidores (por falta de enquadramento legal para o efeito) avançando com a rescisão unilateral do contrato e aprovando uma nova minuta de contrato, em tudo semelhante à anterior.

 

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).