Tomar | Município isenta clubes da taxa de utilização de instalações desportivas até julho

O executivo da Câmara Municipal de Tomar deliberou isentar os clubes e associações do concelho do pagamento dos preços de utilização de instalações desportivas municipais entre 1 de outubro de 2020 e 31 de julho de 2021.

O Município esclarece, em nota de imprensa, que “entendeu ser importante garantir a atividade dos clubes e associações pela relevância que tem para a sociedade, nomeadamente na manutenção da saúde física e mental dos alunos, que há vários meses se vêm privados de fazer algumas das atividades de que mais gostam” devido ao contexto pandémico instalado no país desde março.

Na mesma informação, a autarquia justifica que esta medida é tomada por ser sensível aos “momentos difíceis que afetam o desporto e a prática de atividade física, na sequência das medidas preventivas da Direção Geral de Saúde para combate à pandemia”, situação que tem trazido dificuldades económicas a vários clubes e associações “quer devido à paragem das competições dos escalões de formação, quer devido à falta de alunos nas aulas, ou ao receio da frequência de espaços públicos onde possa haver aglomerações”.

PUB
Joana Rita Santos
Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).