- Publicidade -

Tomar | Município e IPT estreitam colaboração em projetos de desenvolvimento concelhio

O Município de Tomar e o Instituto Politécnico de Tomar (IPT), através dos seus presidentes, assinaram esta semana dois protocolos com intuito de intensificar a relação entre as duas instituições. Em causa o apoio à abertura de novo curso técnico profissional de desporto e a articulação de meios técnicos, materiais e humanos para demais ações e iniciativas que fomentem e promovam o desenvolvimento do concelho em diversos setores e áreas de atuação, desde o turismo, património, arte, tecnologia, reabilitação urbana, indústrias criativas, apoio social, cultura, arqueologia e outros.

- Publicidade -

Segundo a autarquia, o primeiro protocolo assinada pretendeu efetivar a possibilidade de utilização das instalações desportivas municipais no âmbito do novo curso técnico profissional de desporto, que será disponibilizado no Instituto Politécnico de Tomar (IPT).

No segundo protocolo firmado, pretende-se “a articulação sustentada dos meios técnicos, materiais e humanos de que dispõem, pretende fomentar e promover o desenvolvimento do concelho de Tomar através da inovação, da empregabilidade, da valorização de fatores de atração do concelho e da valorização da arte, da cultura e do património”.

- Publicidade -

Entre as ações protocoladas previstas, está a implementação, no âmbito da medida estratégica TMR2020 e já com projeto de execução aprovado, de um Centro de Inovação e Valorização do Conhecimento a instalar em edifício contíguo ao Campus do IPT, em Tomar.

Este Centro é dirigido essencialmente a empresas tecnológicas, “beneficiando do ambiente próprio e propício ao empreendimento, crescimento e consolidação de projetos empresariais, concebido como infraestrutura de apoio e assessoria cientifica, tecnológica e de gestão, que permitirá atrair empresas de cariz tecnológico, dar corpo a ideias ou projetos e iniciar atividades económicas cujo enquadramento contribua para a viabilidade de sucesso dos empreendedores de ideias e negócios que nele se instalem”, avança a autarquia.

Por outro lado, pretende-se implementar uma “medida estratégica de apoio ao desenvolvimento de indústrias criativas e projetos de valorização do património, a instalação de empresas criativas, a valorização do património imóvel sem ocupação e o desenvolvimento de eventos de cariz técnico-científico e cultural”.

No âmbito da estratégia de regeneração e reabilitação urbana do concelho de Tomar, está pensada a implementação de um laboratório “vocacionado para a investigação aplicada e desenvolvimento de estudos e projetos de regeneração e reabilitação urbana”.

Também no âmbito do turismo, se pretende a implementação de um Laboratório de Turismo “para a investigação aplicada e desenvolvimento de estudos e projetos visando a afirmação e desenvolvimento de produtos turístico-culturais da região de Tomar, e o incremento do empreendedorismo”.

Também nas áreas de Arqueologia e Conservação e Restauro se manterá articulação e cooperação no projeto de instalação do Museu da Levada.

Os protocolos preveem ainda a manutenção da concessão de apoios financeiros às associações de estudantes e às atividades desportivas da comunidade académica do IPT, nomeadamente com a cedência da utilização de instalações e equipamento desportivos municipais quando compatível.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres: o conhecimento e o saber, a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
O seu nome

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).

- Publicidade -