Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -
Quarta-feira, Setembro 22, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar | Mouchão acolhe convívio para todos os envolvidos na Festa dos Tabuleiros

O parque do Mouchão vai ser palco de um convívio promovido pela Comissão da Festa dos Tabuleiros, envolvendo todos os que direta ou indiretamente participaram e colaboraram na edição de 2019. O convívio acontece no dia 14 de setembro à tarde e conta com animação musical e atividades para miúdos e graúdos que cumpriram uma vez mais “a festa do povo, pelo povo e para o povo”.

- Publicidade -

Em declarações ao mediotejo.net, a mordomo Maria João Morais referiu que este será um evento “para todos os participantes na Festa dos Tabuleiros de 2019, sejam as crianças do Cortejo dos Rapazes, sejam os pais e encarregados de educação, educadoras, professores e auxiliares, sejam os moradores das Ruas Populares Ornamentadas, os participantes nos Jogos Populares, os participantes no Cortejo dos Tabuleiros… no fundo, para todos os que participaram”.

O evento acontece no sábado à tarde, no Mouchão Parque, garantindo Maria João Morais que haverão “atividades para os miúdos, e animação musical de vários grupos que se associaram a nós, e partir das 17h00 terá lugar um lanche convívio, com a animação a prolongar-se pela noite”, indicou.

- Publicidade -

Quanto às contas relativamente à festa deste ano, a mordomo referiu que não estão para já fechadas, tendo em conta que ainda faltam incluir despesas. “Nunca apresentamos contas nesta altura, ainda nos faltam algumas despesas – caso do convívio”, afirmou, dando conta que este evento no Mouchão será levado a efeito com o apoio de “vários patrocinadores”.

Já as contas serão apresentadas “até ao final do ano ou no princípio do próximo”, concluiu Maria João Morais.

Fonte: Comissão Central da Festa dos Tabuleiros

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome