Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Novembro 30, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar | Mostra Internacional de Folclore mostrou diversidade cultural na Praça da República (c/fotos e vídeo)

Foi uma tarde diferente para todos os que se deslocaram na tarde do feriado, 25 de abril, à Praça da República, em Tomar para assistir ao 2.º festival Internacional de Folclore. A iniciativa proporcionou aos presentes uma mostra intercultural, com grupos vindos do Egipto e da Bulgária que, trajados a rigor, mostraram as tradições dos países de origem.

- Publicidade -

Os diversos grupos em palco antes do início da sua atuação Foto: mediotejo.net

Tomar / Festival Internacional de Folclore dos Templários _ Grupo de Alexandria ( Egipto)

Publicado por mediotejo.net em Quarta-feira, 25 de Abril de 2018

- Publicidade -

As jovens que compunham o grupo de Dança Folclórica de Alexandria – Alexandria Folk dance Group – surgiram vestidas em cetim verde, interagindo com o público. Criado em 1968, o grupo passou a representar as danças egípcias nos certames culturais do Mundo árabe a partir de 1981.

Hamid Elsayed, mora em Santarém e é o guia do grupo. Explicou ao mediotejo.net que é a segunda vez que este grupo se desloca ao nosso país, acompanhando o mesmo durante o Festival. O Grupo é composto por 14 elementos, 11 rapazes e três raparigas com uma média de idade de 17 anos. “Trazem a cultura dele, que assenta numa tradição diferente da nossa”, realçou, acrescentando que chegaram a Tomar neste dia, tendo ainda programadas visitas a Benavente, Almeirim, Alpiarça e Coruche.

Hamid Elsayed, mora em Santarém e é o guia do grupo que veio do Egipto Foto: mediotejo.net

Da Bulgária veio o grupo da Escola de Dança “Estreya” de Sofia que surgiu em 2002 no centro comunitário Nikola Yonkov Vaptssarov, sendo que o objetivo desta escola passa por proporcionar a magia da dança a cerca de 650 crianças e jovens organizados por várias faixas etárias. Em cima do palco, emocionaram o público logo na primeira dança, que conta a história de uma mulher em retiro. Todas as danças foram marcadas ainda pela energia em palco por parte dos participantes.

Da Bulgária veio o grupo da Escola de Dança “Estreya” de Sofia Foto: mediotejo.net

Tomar / Festival Internacional de Folclore dos Templários – Escola de dança de Sofia (Bulgária)

Publicado por mediotejo.net em Quarta-feira, 25 de Abril de 2018

Para além destes dois grupos internacionais, participaram ainda o Rancho Folclórico e Etnográfico de Alviobeira – Tomar, o Rancho Folclórico da Alegria do Alqueidão de Santo Amaro – Ferreira do Zêzere  e o Rancho Folclórico “Os Camponeses” de Minjoelho – Tomar.

Os grupos receberam lembranças de presença, numa iniciativa do Conselho Técnico da Região do Alto Ribatejo da Federação do Folclore Português, do Município de Tomar e da Associação Festival Internacional Folclore, Cultura e Artes – FIFCA.

 A vereadora Filipa Fernandes salientou as características interculturais deste evento que veio ainda reforçar mais a dinâmica cultural do concelho.

 

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome