Tomar | Morreu Luís Boavida, dirigente associativo e ex-candidato à Câmara pelo PSD (ATUALIZADA)

Há notícias que custam a dar. Luís Filipe Boavida, conhecido dirigente associativo e ex-candidato do PSD à Câmara de Tomar, morreu na tarde deste domingo, 27 de maio, aos 56 anos, vítima de doença oncológica. Estava internado no Hospital de Tomar e o seu estado de saúde tinha-se agravado há algumas semanas, encontrando-se nos cuidados paliativos.

PUB

Com uma presença forte e dinâmica na comunidade tomarense, a vida de Luís Filipe Boavida deu uma reviravolta quando a 27 de junho – na altura era candidato do PSD à Câmara de Tomar –  se sentiu mal após um jantar com familiares e amigos num restaurante em Tomar, tendo os bombeiros sido chamados ao local.

Após ser estabilizado na ambulância foi transportado para o hospital de Abrantes onde foi submetido a exames. O diagnóstico acabou por ser o pior e foi-lhe detetado uma doença oncológica, mais especificamente, um tumor cerebral. Por este motivo teve que abdicar a corrida à presidência da câmara.

PUB

Filho do meio de um casal de beirões, Luís Boavida nasceu na Rua Joaquim Jacinto, n.º 54. Era casado com a advogada Isabel Fernandes e tem um filho médico, João Boavida. Cresceu e foi criado na Portela de São Pedro. Licenciado em Administração e Gestão pela Universidade Católica, tem o curso superior de Estudos Superiores Especializados em Gestão Autárquica pela ESGS e o curso de Alta Direção para a Administração Local pelo INA.

Nos últimos tempos, o nome de Luís Boavida estava associado à Fundação Luís Boavida, fundada em novembro de 2017 com fins humanitários.  “Procuraremos desenvolver mecanismos e abrir caminhos, que possam ajudar a resolver os problemas de quem nos procurar. Daí a criação desta Associação que pretendo dar a conhecer, com fins puramente humanitários e sem quaisquer fins lucrativos”, disse Luís Boavida na ocasião, acrescentando que vão ser desenvolvidas várias atividades e ações com vista a atingir este objetivo de cariz humanitário e social.

*As cerimónias fúnebres de Luís Boavida estão marcadas para terça feira, dia 29, ao final da manhã. O velório vai decorrer na igreja de Santa Maria do Olival, a partir das 13 horas desta segunda feira, dia 28. Na terça-feira é celebrada missa de corpo presente pelas 11 horas seguindo depois para o cemitério de Marmelais.

À família enlutada o mediotejo.net apresenta as condolências.

O PSD de Tomar emitiu uma Nota de Pesar pela morte de Luís Boavida:

“Com a morte de Luís Boavida (1961-2018) o Partido Social Democrata de Tomar perde um dos seus mais distintos militantes e Tomar sofre também uma perda que nos enche a todos de enorme consternação e profunda tristeza.

A presença e a ação de Luís Boavida ultrapassam, em muito, a área profissional a que dedicou a sua vida. Foi, igualmente, uma personalidade de referência na sociedade tomarense, que deixa a sua marca indelével no concelho de Tomar no plano associativo, social, desportivo e político.

A vida de Luís Boavida é um exemplo de entrega e dedicação à causa pública e indissociável dos inúmeros desafios pelos quais se bateu ao longo da sua vida, distinguindo-se pelo seu carácter e abnegação. Deixa-nos um legado humanista que nunca esqueceremos.

Neste momento que é de profunda perda para Tomar e para todos os tomarenses, o Partido Social Democrata endereça à família de Luís Boavida as suas mais sinceras condolências e a sua sentida homenagem.

Tomar, 27 de maio de 2018

Comissão Política de Secção de Tomar

Partido Social Democrata

*Notícia atualizada às 11h30

PUB
PUB
Elsa Ribeiro Gonçalves
Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

APOIE O NOSSO JORNAL, TORNE-SE UM LEITOR BENEMÉRITO

Se lê regularmente as nossas notícias torne-se um leitor benemérito fazendo contribuições a partir de 10€/mês, ou doando valores iguais ou superiores a 100€. Esses leitores passam a constar da ficha-técnica como apoiantes deste projeto independente de jornalismo. Pode também fazer uma contribuição pontual (5€, 10€, 20€, o que puder e quiser).