- Publicidade -

Segunda-feira, Janeiro 24, 2022
- Publicidade -

Tomar | Luís Santos é o candidato do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal

Luís Carlos Graça Reis Santos, 50 anos, enfermeiro a exercer no centro de saúde de Ferreira do Zêzere, foi o nome escolhido pelo Bloco de Esquerda (BE) a cabeça de lista à autarquia nabantina nas eleições autárquicas deste ano. A apresentação oficial do candidato está marcada para sábado, 8 de abril, na sede da Sociedade Nabantina. O evento conta com a presença da deputada da Assembleia da República, eleita pelo Bloco, Mariana Mortágua.
Luís Santos foi, há oito anos, candidato pelo Bloco de Esquerda à Assembleia de Freguesia de Santa Maria dos Olivais, quando ainda não existia junção de Freguesias, tendo sido eleito para o órgão. Herdou a ligação à Festa dos Tabuleiros do seu pai, Luís Santos, que foi Mordomo e colaborou na organização da festa durante décadas. Tem feito parte da Comissão da festa.
O candidato do BE é licenciado em enfermagem e medicina tradicional chinesa. Do seu percurso biográfico faz parte a presidência da Associação de Estudantes da Escola Secundária Santa Maria do Olival, tendo sido a primeira Associação de Estudantes a ser reconhecida legalmente em Tomar, e a que introduziu os bailes de gala novamente na cidade. Foi Vice-Presidente da Associação de Estudantes da Escola Superior de Enfermagem Dr. Ângelo da Fonseca em Coimbra, tendo sido também eleito para o órgão de gestão da mesma escola pelos seus colegas. Na sua juventude foi escuteiro do Corpo Nacional de Escutas e fundou o núcleo de Tomar da Associação de Escoteiros de Portugal entretanto já desativado.
Do seu currículo consta ainda a atividade de coralista da Associação Canto Firme e a prática de desporto federado no Sporting de Tomar (Ginástica, Basquetebol e Futsal) Luís Santos foi ainda vogal da Direção do Sporting de Tomar e presidente da direção da Escola de Futebol de Tomar.
Nas eleições autárquicas de 2013, o Bloco de Esquerda foi a sexta força política mais votada no concelho de Tomar. Recolheu 585 votos (2,94%).

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome