Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Setembro 18, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar | Luís Santos é o candidato do Bloco de Esquerda à Câmara Municipal

Luís Santos, 54 anos, natural de Tomar, e enfermeiro de profissão volta a ser o candidato à Câmara Municipal de Tomar nas próximas eleições autárquicas, por indicação da Coordenadora Concelhia de Tomar do Bloco de Esquerda, Maria da Luz Lopes. Os restantes nomes na corrida à Assembleia Municipal e freguesias serão divulgados mais tarde, segundo a Concelhia do BE.

- Publicidade -

Em entrevista ao mediotejo.net, esta semana, enumerou algumas das linhas estratégicas do Bloco de Esquerda para o concelho de Tomar, com especial incidência em temas como o saneamento básico, a fixação de população jovem, no despovoamento das freguesias rurais, a fixação de empresas e atração de investimentos, espaços de coworking/teletrabalho, ambiente e despoluição do rio Nabão.

O candidato, que já foi candidato à autarquia tomarense pelo BE em 2017, crê que o projeto de há quatro anos “continua atual” e que o Bloco tem “as melhores pessoas para mudar e combater a política autárquica do centrão”.

Entende Luís Santos que a política autárquica das últimas décadas têm contribuído para “a propagação da pobreza, desemprego, despovoamento das freguesias rurais, consequentemente o envelhecimento da população, e a saída dos mais novos para procurar emprego”.

Denuncia ainda “investimento em obras de fachada, de estética e urbanística, em vez de se promover obras estruturais como o saneamento básico em todo o concelho”.

ÁUDIO | Luís Santos, candidato à CM Tomar pelo Bloco de Esquerda

O enfermeiro Luís Carlos Graça Reis Santos, a exercer funções no centro de saúde de Ferreira do Zêzere, é casado e tem três filhos. É também licenciado em Medicina Tradicional Chinesa. Foi candidato nas listas do Bloco de Esquerda à Assembleia de Freguesia de Santa Maria do Olival em 2005, altura em que foi eleito. Foi também cabeça de lista à Câmara Municipal de Ferreira do Zêzere em 2013 e à Câmara Municipal de Tomar em 2017.

Foi delegado sindical do SEP, “sendo um profissional empenhado na luta dos enfermeiros pela dignificação da profissão e melhores condições de trabalho”, refere a Concelhia do BE de Tomar em nota de imprensa.

Foi vice-presidente da Associação de Estudantes da Escola Superior de Enfermagem Dr. Ângelo da Fonseca em Coimbra, tendo sido também eleito pelos seus colegas para o Órgão de Gestão da mesma Escola.

Faz parte da Comissão de Festas dos Tabuleiros há vários anos, foi Presidente da Assembleia Geral das Escolas de Futebol de Tomar e vogal na Direção do Sporting de Tomar, onde também foi atleta federado nas modalidades de Ginástica, Basquetebol e Futsal.

O candidato foi igualmente presidente da Associação de Estudantes da ESSMO, “tendo sido essa a primeira Associação de Estudantes a ser reconhecida legalmente em Tomar e que reintroduziu os Bailes de Gala de finalistas”. Atualmente faz parte da Direção da Associação dos Antigos Alunos do Liceu de Tomar.

Foi escuteiro do CNE e fundou o Núcleo de Tomar da Associação de Escoteiros de Portugal (já desativado). Também foi coralista da Canto Firme.

O BE avançou também com o nome de Paulo Mendes como cabeça de lista à Assembleia Municipal de Tomar.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome