Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Novembro 29, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar | Luís Filipe Boavida (PSD) apresenta uma candidatura virada para as pessoas

O candidato do PSD à presidência da Câmara Municipal de Tomar, Luís Filipe Boavida considera que é “imperioso que se mude a maneira de encarar a gestão do município”, sublinhando que o mais importante são as pessoas. “Para nós, o capital mais importante são as pessoas. Sempre as pessoas. Ouvi-las é uma prioridade e resolver os seu problemas a nossa responsabilidade”, disse na apresentação oficial da sua candidatura. A sessão decorreu na tarde deste sábado, 18 de fevereiro, no auditório da Biblioteca Municipal de Tomar, que encheu de forma massiva com apoiantes do candidato social-democrata.

- Publicidade -

“Sei que posso, e devo, mudar o rumo descendente a que Tomar e o nosso concelho têm vindo a assistir, nestes últimos anos”, começou por referir, acrescentando que, como tomarense, “vê “com grande mágoa e conformismo a apatia e a tristeza que se instalaram” no nosso concelho. “Posso garantir-vos a minha total disponibilidade e entrega para servir esta causa, e para levar a bom porto uma alteração, para melhor, na maneira de conduzir os destinos do concelho”, referiu.

O candidato social-democrata sublinhou que o envolvimento de toda a comunidade será “o ponto de partida para o sucesso”, considerando que é importante a captação de empresas que promovam o investimento e permitam a fixação de famílias e, em particular, dos jovens. Salientou ainda que o município deve saber estabelecer parcerias para atrair mais alunos para o Instituto Politécnico de Tomar, “um dos principais motores de desenvolvimento do concelho e da região”.

- Publicidade -

Perante uma sala repleta, Luís Boavida apresentou os três vetores da candidatura “Acreditar em Tomar”: ouvir as pessoas e envolve-las, bem como colaborar com todas as instituições; mobilizar recursos e investimentos atuando com seriedade e prestar tributo a uma terra templária, plena de história, cultura e tradições.

Luís Filipe Boavida apresentou as linhas mestras da sua atuação se ganhar as eleições Foto: mediotejo.net

João Tenreiro, 42 anos, jurista, líder da concelhia social democrata e atual vereador no executivo camarário é o candidato à assembleia municipal de Tomar. Aos presentes, disse que este dia marca “o início oficial de uma longa caminhada que irá ser portadora de uma dinâmica ganhadora capaz de trazer consigo toda a sociedade civil pois esta é uma candidatura alicerçada nas raízes de Tomar e de todos, sem exceção”, disse.

João Tenreiro considera que as pessoas devem ser levadas a ter uma participação mais ativa que deve começar pela assembleia municipal. Prometeu que todas as freguesias serão representadas na lista à assembleia municipal, devendo a população participar cada vez mais na vida deste órgão. “Pretendemos realizar, pelo menos, uma sessão em cada uma das freguesias do concelho”, disse, acrescentando que pretendem ser mais pró-ativos e agentes na mudança do concelho “dado que esta tem sido bastante negativa” nos mais diversificados aspetos. “Com o nosso regresso à gestão do concelho de Tomar teremos uma assembleia participativa, ativa, fiscalizadora e colaborante”, disse.

Auditório da Biblioteca Municipal de Tomar foi pequeno para acolher todos os apoiantes de Luís Boavida Foto: mediotejo.net

Consciente do grande desafio que têm pela frente, João Tenreiro referiu que está cada vez mais confiante que Luís Boavida será o próximo presidente de Câmara de Tomar, “sendo importante inverter o declínio da gestão socialista e comunista”.

O líder da Bancada Parlamentar do PSD, Luís Montenegro referiu que Luís Boavida “tem tudo para ser um bom presidente da câmara”, considerando que Tomar regrediu nestes últimos quatro anos. “É um privilégio associar-me ao lançamento desta candidatura de alguém que tem tudo para vencer as eleições e para exercer com grande dinamismo, dignidade e grande sentido coletivo a presidência da Câmara de Tomar”, referiu, acrescentando que Luís Boavida é alguém que conhece bem o concelho, a função autárquica e o funcionamento de uma autarquia local.

Luís Boavida (ao centro) contou com o apoio e presença de Luís Montenegro, líder da bancada parlamentar do PSD Foto: mediotejo.net

Luís Montenegro enalteceu o perfil do candidato escolhido pelo PSD como “alguém que é capaz de partilhar a sua vida com os principais agentes locais, sejam eles os bombeiros, as coletividades desportivas ou instituições de solidariedade social com uma capacidade de olhar para a comunidade e encontrar o que ela tem de mais favorável”. Acrescentou que o PSD aposta forte nesta candidatura para recuperar a gestão camarária, perdida nas eleições de 2013 para o Partido Socialista.

A sessão de apresentação da candidatura de Luís Boavida, que foi transmitida em direto pelas redes sociais, iniciou-se com o lançamento do site da candidatura “Acreditar em Tomar”.

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome