Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Julho 26, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar: Lagares D’El Rei produziram jazz do Hot Clube de Portugal

O ciclo Noites de Jazz 2016 abriu com o Septeto do Hot Clube de Portugal no passado sábado, dia 13 de fevereiro. Mais de uma centena de pessoas estiveram presentes na sala dos Lagares D’El Rei, no complexo da Levada, para o primeiro de quatro concertos que trazem a Tomar diferentes sonoridades do jazz com músicos portugueses e estrangeiros.

- Publicidade -

Bruno Santos acumulou a direção musical do Septeto do Hot Clube de Portugal com as apresentações das músicas interpretadas no ambiente intimista da sala dos Lagares D’El Rei por esta formação do clube que o jornal “The Guardian” elegeu no início deste mês como um dos dez melhores da Europa.

Bruno Santos
Bruno Santos é o atual diretor musical

- Publicidade -

O guitarrista e Pedro Moreira (saxofone tenor) estão presentes desde o início do septeto criado em 2001 e que hoje é completado por Joana Machado (voz), Diogo Duque (trompete), Ricardo Toscano (saxofone alto), Romeu Tristão (contrabaixo e baixo elétrico) e Joel Silva (bateria).

O repertório original de Bruno Santos, que já tinha sido diretor musical entre 2008 e 2012, foi apresentado em 2015 no Hot Clube e integrou o alinhamento do concerto no passado sábado juntamente com músicas do álbum lançado nesse ano, o “7to Hot Clube de Portugal Vol.2”, que pode apreciar clicando aqui. O primeiro volume foi editado em 2009.

DSCF1697 (2)
O grupo interpretou temas do álbum lançado em 2015

No complexo da Levada ouviram-se os novos temas “Almirante Reis”, em homenagem ao saxofonista Jorge Reis, falecido em 2014, “A Bela”, “E o Monstro”, “201”, “Mau Mau Maria” e “Não quero estar aqui”, que encerrou a noite no encore. Pelo meio foram surgindo “Quase”, “Já” e “Infatuation”.

As noites de jazz que integram este ciclo organizado em conjunto pelo Septeto do Hot Clube de Portugal e a Câmara Municipal de Tomar continuam nos próximos dias 12 de março, 23 de abril e 28 de maio com as atuações do grupo aveirense Liftoff, da Big Band do Município da Nazaré e do quinteto Spinifex, respetivamente, assegurando diversas sonoridades.

DSCF1703 (2)
Joana Machado e Pedro Moreira

Na primeira data os Lagares D’El Rei recebem o vibrafone de Jeffery Davis, os teclados de Óscar Graça, o contrabaixo de Nelson Cascais e a bateria de David Pires. O número de músicos quase quintuplica em abril com cinco saxofones, cinco trompetes, quatro trombones, um piano, uma guitarra, um baixo, uma bateria e uma voz em palco. O concerto de maio traz outras nacionalidades, além da portuguesa, ao ciclo Noites de Jazz 2016 (Holanda e Alemanha).

Os Lagares D’El Rei vão continuar a produzir muito jazz nos próximos meses e, a julgar pela adesão do público na primeira noite, 2016 será um ano de boa colheita.

Nasceu em Vila Nova da Barquinha, fez os primeiros trabalhos jornalísticos antes de poder votar e nunca perdeu o gosto de escrever sobre a atualidade. Regressou ao Médio Tejo após uma década de vida em Lisboa. Gosta de ler, de conversas estimulantes (daquelas que duram noite dentro), de saborear paisagens e silêncios e do sorriso da filha quando acorda. Não gosta de palavras ocas, saltos altos e atestados de burrice.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here