Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Trincanela

Segunda-feira, Julho 26, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

TOMAR: Jardim de Infância de Fétal de Cima já não vai fechar portas

O Jardim de Infância de Fétal de Cima, na União de freguesias de Além da Ribeira/Pedreira, em Tomar, já não vai fechar portas por falta de alunos. A confirmação foi feita pelo presidente da junta, Alexandre Horta, visivelmente satisfeito com esta decisão que lhe foi comunicada oficialmente pelo director do Agrupamento Templários Carlos Ribeiro e, posteriormente, pelo vereador da Educação na Câmara de Tomar, Hugo Cristóvão.

- Publicidade -

O autarca refere que “vale a pena lutar quando julgamos que temos razão” pela manutenção deste equipamento, acrescentando estão 9 crianças inscritas e que vão interagir com os utentes do Centro de Dia, sendo benéfico para as duas partes. A junta vai ainda assegurar as despesas com as quais se comprometeu na ocasião da assembleia municipal, nomeadamente com água e luz do equipamento e ainda com uma funcionária administrativa.

Recorde-se que a  assembleia municipal de Tomar, reunida a 29 de abril, aprovou duas moções contra o encerramento da Escola Básica de Paialvo e o Jardim-de-Infância de Fétal de Cima, na freguesia de Além da Ribeira Pedreira. Posteriormente, em reunião de câmara voltou a ser apresentada, pelos vereadores do PSD, a proposta de manutenção do jardim-de-infância com o vereador da Educação, Hugo Cristóvão a referir que a mesma não seria exequível. A proposta foi remetida à DGEST- Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares. e agora conheceu este desfecho

- Publicidade -

O JI de Fétal de Cima estava na lista dos estabelecimentos que estão previstos encerrar portas no próximo ano lectivo, devido ao diminuto número de alunos, sendo que Paialvo, Cabeças e Santa Cita devem mesmo encerrar.

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Publicidade -