Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Julho 30, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar: “Independentes por Tomar” assumem corrida as autárquicas de 2017

Os “Independentes por Tomar” assumiram no sábado, 14 de maio, dia em que realizaram a sua assembleia geral, que estão na corrida às próximas eleições autárquicas, a realizar em 2017, acrescentando que a partir deste momento vão passar a ter uma participação mais dinâmica na comunidade.

- Publicidade -

Acompanhado na mesa por Rui Simões, o presidente da direcção, Pedro Marques, referiu que – mesmo sem revelarem nomes porque lhes parece ainda “prematuro” – nesta assembleia foram aprovadas as contas e a análise da situação política, quer na Câmara, quer na Assembleia Municipal.

IMG_5398
Pedro Marques e Rui Garcia Simões

- Publicidade -

Considerando que o fundamental era pensar no futuro, ou seja, nas próximas eleições autárquicas. “Que vamos concorrer é uma realidade. A nossa estratégica está definida e vamos para o terreno, a partir deste momento, de uma forma mais pro-ativa e com maior dinamismo e, a seu tempo, iremos dar notícia daquelas que são as nossas propostas e quem nos representará nos diversos órgãos autárquicos no nosso concelho”, indicou.

IMG_5410
Conferência de Imprensa

Pedro Marques considera que, neste momento, seria prematuro revelar nomes e adiantar muito mais sobre as ideias que serão reveladas a seu tempo. “Contamos, no princípio do ano que vem, revelar quem é a nossa equipa nos vários lugares”, disse, acrescentando que é uma lista renovada que se apresenta a sufrágio.

O actual vereador independente, para já, não revelou se vai ser novamente o cabeça de lista.

“Estamos presentes, e vamos estar presentes, e na medida em que os eleitores confiarem em nós, conscientes que partimos sempre em desvantagem em relação aos partidos por sermos um movimento independente”, observou.

O melhor resultado, revelou, é sempre “o desenvolvimento do concelho”, acreditando que os independentes são “a melhor alternativa” para que seja alcançado esse desenvolvimento.

“Esperamos que os cidadãos do concelho não se continuem a deixar enganar como foram nos últimos anos. Promessas eleitorais bem recentes estão na gaveta e o que fazem é inventar desculpas. Apenas pedimos às pessoas que confiem em nós, em quem é capaz de resolver os problemas que ainda perduram”, disse.

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

1 COMENTÁRIO

  1. ATENÇÃO 1

    Isto foi afirmado em 17 de Maio de 2017.
    E perante uma assistência numerosa e entusiástica…
    Pouco tempo depois, o dito cujo despedia-se como simples mandatário e o mais entusiasta da assistência entrava na lista do PS à AM em lugar destacadíssimo e que lhe garante a continuidade de umas senhas de presença e, talvez, um lugarzito na mesa para ir aparecendo nas fotografias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome