Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sexta-feira, Setembro 17, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar | Vila Galé ganha Convento de Santa Iria e antigo Colégio Feminino para hotel de 10 ME

Caminha para o fim o procedimento relativo à alienação do Convento de Santa Iria e do ex-Colégio Feminino, imóveis que são propriedade municipal, junto ao rio Nabão, no centro histórico da cidade de Tomar e já a ficarem em avançado estado de degradação. A autarquia, após retomar do procedimento e abertura de propostas, tomou como válida a do grupo hoteleiro Vila Galé.

- Publicidade -

Um outro concorrente ficou de fora por não reunir condições para ser aceite e por não estar de acordo com o caderno de encargos. Prepara agora o júri a documentação para avançar com a adjudicação definitiva dos imóveis ao grupo Vila Galé, após deliberação em próxima reunião de Câmara.

Recorde-se que responsável pelo Grupo Vila Galé já tinha anunciado publicamente, em entrevista ao jornal Expresso, que iria investir 10 milhões de euros para converter o Convento de Santa Iria e o ex-Colégio Feminino num hotel com 100 quartos.

- Publicidade -

Porém, após saber-se desta intenção do Vila Galé, também um empresário tomarense demonstrou interesse e foi convidado pelo Município a participar na apresentação de propostas para que não ficassem potenciais interessados de fora.

Na reunião de Câmara de 19 de julho, a presidente da Câmara Municipal admitiu aguardar a abertura de propostas, a 23 de julho, para confirmar se os interessados se mantinham para investir na reconversão do Convento de Santa Iria e antigo Colégio Feminino, propriedade municipal, no centro histórico de Tomar, junto ao rio Nabão.

ÁUDIO | Anabela Freitas, presidente da CM Tomar

Pretensão já muito premente da autarquia para reabilitação daquele património no centro histórico da cidade, junto ao Nabão e à Ponte Velha, este investimento virá aumentar a capacidade hoteleira e diversificar a oferta por terras templárias, dando resposta à procura de Tomar enquanto destino turístico de predileção no Médio Tejo e no país.

Por outro lado, irá reabilitar-se aquela zona da cidade, sendo que um estudo promovido pela autarquia sustenta que, só em conservação, são necessários 2,5 ME investidos no imóvel.

“Penso que não deve ser visto como um concorrente, mas sim como um parceiro de todos os outros operadores hoteleiros do nosso concelho”, concluiu Anabela Freitas, presidente da Câmara Municipal de Tomar.

Refira-se que adjacente ao convento encontra-se a capela de Santa Iria, sendo ambos dedicados à padroeira de Tomar. Foram construídos em 1467, incorporando uma das lendas de Tomar. A igreja está classificada como imóvel de interesse público.

NOTÍCIA RELACIONADA:

Tomar | Retomado procedimento para alienação do Convento de Santa Iria

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome