- Publicidade -

Terça-feira, Janeiro 18, 2022
- Publicidade -

Tomar | GNR, UHF e revista à portuguesa no Cine-Teatro Paraíso

O Município de Tomar já divulgou alguns dos espetáculos que integram a agenda cultural de 2022 e que decorrerão no palco do emblemático Cine-Teatro Paraíso. Desde concertos de grandes nomes da música portuguesa, como GNR, UHF e Fernando Tordo, a espetáculos de revista à portuguesa com Marina Mota, Erika Mota e Carlos Cunha, sendo já possível adquirir bilhetes para assistir. 

- Publicidade -

A programação arranca dia 22 de janeiro com a comédia teatral de Roberto Pereira, “E Tudo o Morto Levou”, numa revista protagonizada pela atriz portuguesa Marina Mota. Para maiores de 14 anos, o espetáculo tem a duração de 2h10 e o ingresso custa 17,50€.

A 29 de janeiro, será a vez de subir ao palco os UHF, umas das míticas bandas do pop/rock português, para um concerto inédito em versão acústica. Os ingressos têm um custo de 15€ (plateia) e 12,50€ (balcões).

- Publicidade -

A 12 de fevereiro, integrado no Festival Montepio Às Vezes o Amor, os GNR passam por Tomar para um concerto que quer ajudar a celebrar o amor musicalmente, com temas intemporais do pop-rock português que marcam gerações, como “Dunas”, “Pronúncia do Norte”, “Efectivamente” e “Dançar Sós”.

GNR atuam em Tomar no mês de fevereiro. Foto: DR

Também já anunciado foi um espetáculo inédito com Fernando Tordo acompanhado pela Banda da Sociedade Filarmónica Gualdim Pais, de Tomar, dia 8 de outubro. 

- Publicidade -

O mote da autarquia é que “Neste Natal, ofereça Cultura”, comprando vouchers para oferta de bilhetes que apoiem o setor da cultura e respetivos agentes como artistas, técnicos e produtoras, muito afetados na atual conjuntura de restrições e limitações.

 

Se quiser oferecer uma prenda a si próprio, dentro ou fora da época natalícia, saiba que os bilhetes para estes espetáculos já se encontram à venda, não só presencialmente mas também através de diversas plataformas online do setor.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome