Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Outubro 16, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar | FrEEE – Feira de Educação e Emprego apresenta oferta formativa e profissional

O Pavilhão Municipal Cidade de Tomar recebe nos dias 8, 9 e 11 de março, a quinta edição da FrEEE – Feira de Educação, Emprego e Empreendedorismo. A iniciativa, de entrada livre, decorre no pavilhão municipal e tem como principal objetivo dar a conhecer à população em geral, e em especial aos estudantes, as diferentes ofertas formativas e profissionais disponíveis no concelho.

- Publicidade -

Uma feira destinada ao publico em geral, mas com principal foco nos jovens estudantes a frequentar o 3º ciclo do ensino básico e ensino, apresentando-lhes um leque diversificado de ofertas nestas temáticas, perspetivando dar a conhecer as diversas opções formativas e profissionais, bem como, o contacto direto com projetos de sucesso, através de oficinas, seminários, conferências e outras atividades, fomentando nos mais jovens um espírito arrojado e empreendedor.

Sexta-feira, 8 de março:

- Publicidade -

9h45 – Abertura oficial

15h00 – Tertúlia “À conversa Com …”

Sábado, 9 de março:

15h00 – Concerto com a banda tomarense “Extempore Band”

Segunda-feira, 11 de março:

14h00 – Palestra “Conversas motivacionais sobre liderança” (inscrições gratuitas e obrigatórias: educacao@cm-tomar.pt)

15h00 – Tertúlia “À conversa com Arte”

17h30 – Momento cultural de encerramento da feira

Em exposição:

– Montra de saídas profissionais;

– Cursos Superiores, Mestrados e Pós-Graduações;

– Escolas e centros profissionais;

– Dinamização de Workshops e palestras;

– Espaços Interativos

– Momentos culturais

+ informações:

entrada livre

dias 8 e 11, 9h30 às 18h00 | dia 9, 10h00 às 18h00

Organização: Município de Tomar / Agrupamento de Escolas Nuno de Santa Maria / Agrupamento de Escolas Templários / Escola Profissional de Tomar / Instituto Politécnico de Tomar / IEFP

A experiência de trabalho nas rádios locais despertaram-no para a importância do exercício de um jornalismo de proximidade, qual espírito irrequieto que se apazigua ao dar voz às histórias das gentes, a dar conta dos seus receios e derrotas, mas também das suas alegrias e vitórias. A vida tem outro sentido a ver e a perguntar, a querer saber, ouvir e informar, levando o microfone até ao último habitante da aldeia que resiste.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome