Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Setembro 18, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar | Festa Templária com iniciativas de 9 a 11 de julho mas sem cortejo noturno

O Município de Tomar vai acolher a Festa Templária entre os dias 9 e 11 de julho, mas diferente dos contornos habituais, uma vez que não contará com o Cortejo Templário noturno, um dos momentos altos da iniciativa.

- Publicidade -

Filipa Fernandes, vereadora da CM Tomar com o pelouro da Cultura, deu conta das pretensões da autarquia para a programação desta edição de 2021 da Festa Templária, estando previsto que ocorram apontamentos templários na cidade, sendo que dia 9 de julho ocorrerá o Seminário “A Ordem do Templo”, que requererá inscrições.

Entre os dias 9 e 10, acontecerá o Assalto ao Castelo Templário, uma das iniciativas financiadas pelo projeto “Cultura na Sua Rua”, e apesar de ter entradas gratuitas, requer levantamento de bilhetes, que serão disponibilizados previamente.

- Publicidade -

“É nossa intenção que possa ser gravada para ser disponibilizada em formato online para a população, uma vez que a lotação é muito reduzida em relação aos anos anteriores, devido ao distanciamento a que estamos sujeitos”, referiu.

Dia 10 e 11 de julho existirão visitas guiadas, bem como um acampamento templário dinamizado pela associação Thomar Honoris, no Mouchão.

Também será promovida uma atividade Escape Tower, a 10 e 11 de julho, sendo que o ingresso para participar tem um custo de 3 euros. Esta atividade, um jogo que decorrerá no Convento de Cristo, mais direcionado para os jovens, cujo objetivo é conseguir sair do Castelo Templário respondendo a enigmas e desafios que terão de superar.

Entre outras iniciativas, inclui-se a mostra de Estátuas Vivas com a temática templária, animação musical nas ruas pelos Gaiteiros, e o espetáculo final da programação deverá ser dos Fire Dragons, um espetáculo de fogo na Serrada dos Cães, local onde também decorre o assalto ao Castelo.

Paralelamente, decorrem iniciativas junto da comunidade escolar, com a dinamização de um concurso de contos infanto-juvenis sobre os templários.

Também ocorrerá um workshop de vitrinismo, numa organização conjunta com a ACITOFEBA, “para envolver os comerciantes e poderem dinamizar as suas montras com alguma temática templária nestes três dias que queremos marcar a nossa maior identidade, que são os templários”.

Filipa Fernandes assegurou que “todos os espetáculos têm as normas da DGS garantidas”.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome