Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Segunda-feira, Outubro 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar | Feira de Santa Iria regressa com novo figurino e muitas novidades

Tomar é palco de mais uma edição da Feira de Santa, que este ano decorre entre 12 a 21 de outubro, passando da Várzea Grande para as imediações do mercado municipal devido a uma empreitada que vai decorrer no primeiro espaço. Foi em fevereiro deste ano que se decidiu mudar a localização da Feira, uma vez que se previa que nesta altura a Várzea Grande já estaria em obras nesta altura. Tornou-se assim necessário encontrar um espaço alternativo, já que estava afastada a hipótese de não haver Feira.

- Publicidade -

Por deliberação do Executivo Municipal, aprovada por unanimidade em reunião ordinária de 30 de abril, a Feira de Santa Iria foi deslocalizada para o espaço envolvente do Mercado Municipal, ocupando também o parque de estacionamento de Santa Iria, parque de estacionamento frente ao cemitério de Santa Maria (cemitério velho), a Avenida Norton de Matos e a parte inferior do parque de estacionamento tarifado nessa avenida, o passadiço na margem direita do rio Nabão e o espaço contíguo ao busto de Manuel Mendes Godinho.

Feira de Santa Iria está de regresso a Tomar. Foto: DR

- Publicidade -

A grande preocupação do Executivo Municipal com a realização da Feira de Santa Iria e nas condições aprovadas, foi a segurança de quem a visita.

Nesse sentido, em comunicado, a autarquia refere ter procurado que os vários setores se instalassem num “espaço de proximidade, acessível, interligado, delimitado e sem vias rodoviárias com trânsito a atravessá-lo”, tendo observado que a deslocalização da Feira é “suscetível de causar transtorno e incómodo a munícipes, vendedores, compradores e utilizadores das áreas ocupadas” e tendo apelado à “tolerância e compreensão de todos”, para bem da realização de um evento anual que faz parte da tradição e identidade tomarense.

O certame irá decorrer, por este motivo, na área envolvente do Mercado Municipal onde serão instalados os divertimentos adultos e infantis, tradicionalmente presentes na Feira, como carrocéis, pistas de carros de choque, radicais, etc. Acolherá também jogos, produtos alimentares e bebidas e as tasquinhas que irão funcionar na “Tenda Branca”.

Feira de Santa Iria começa dia 12 de outubro em Tomar. Foto: DR

Feira ocupa Parques de Estacionamento

O Parque de estacionamento de Santa Iria estará ocupado com venda de artigos diversos (cutelaria, loiças, chapelaria, brinquedos, decoração, bijuterias, quinquilharia) e o Parque de estacionamento frente ao cemitério de Santa Maria será palco para as atividades musicais e culturais (junto ao Centro de Emprego); stands de sapateiros; artigos agrícolas; marroquinaria.

A Avenida Norton de Matos ficará encerrada ao trânsito para se efetuar a exposição de automóveis, havendo a seguinte exceção – entre a rotunda Alves Redol e a rotunda dos Bombeiros ficará um corredor de emergência do lado do Mercado Municipal, para viaturas prioritárias a todo o tempo e para ser utilizado diariamente entre as 7h00 e as 10h00 nos abastecimentos ao mercado e aos operadores da feira e no descongestionamento do trânsito.

A autarquia entendeu adotar esta norma uma vez que àquela hora há grande fluxo de tráfego automóvel a confluir para a rotunda Alves Redol, vindo da Rua Everard e da Avenida Cândido Madureira e que os veículos pesados de passageiros e de mercadorias terão dificuldade em utilizar o itinerário alternativo adotado. A regulação do trânsito será garantida pela PSP.

O Parque de estacionamento tarifado na Av. Norton de Matos será ocupado com a exposição de máquinas agrícolas. No passadiço na margem direita do rio Nabão, o espaço junto à Casa dos Cubos, está destinado na parte inicial do lado esquerdo, à Feira das Passas, seguindo-se os stands dos artesãos.

Na parte lateral direita, confinando com as traseiras da Rua de S. Gião estarão instalados os vendedores de bolos nacionais e regionais, queijo e fumados, os vendedores de frutos secos e as Associações (IPSS). No espaço por detrás do busto de Manuel Mendes Godinho estarão representadas as Instituições Públicas e os Produtores Locais. O secretariado da Feira vai funcionar no rés-do-chão do Edifício da Moagem.

Quanto aos locais de estacionamento próximo e durante a feira, os carros podem ser estacionados na Várzea Grande (exceto das 6h00 às 14h00) nos dias 12, 19 e 26 de outubro ou no espaço envolvente da Rua do Rio Nabão e da Rua do Flecheiro e no Parque de estacionamento na retaguarda da Torre da Igreja de Santa Maria (exceto nos dias 12, 19 e 26 de outubro das 6h00 às 14h00).

Procissão de Santa Iria a 20 de outubro

No sábado, 20 de outubro, realiza-se a Procissão de Santa Iria, uma tradição que vai contar com a participação das crianças da catequese das Paróquias do concelho, com o contributo em transporte da Juntas de Freguesia. Uma vez que não há aulas ao sábado, não se poderão envolver as crianças das escolas como é habitual.

O programa prevê Missa na Igreja de São João Baptista às 10h00, seguindo-se às 11h00 a Procissão, pela Rua Infantaria nº 15, Av. Cândido Madureira, Rua Everard e Ponte Velha e às 11h30 lançamento de flores ao rio Nabão.

A inauguração da feira está agendada para sexta, 12 outubro, às 17h00.

Programa completo:

Sexta, dia 12

21h00 – Banda da Sociedade Filarmónica Gualdim Pais

Sábado, dia 13

20h30 – Rancho Folclórico São Miguel de Carregueiros

21h30 – Rancho Folclórico “Os Canteiros” da Pedreira

22h30 – Banda Payalvense Manoel de Mattos

Domingo, dia 14

16h00 – Rancho Folclórico de Linhaceira

17h00 – Rancho Folclórico “Os Camponeses” de Minjoelho

18h30 – Banda Filarmónica da Sociedade Recreativa e Musical da Pedreira

Quarta, dia 17

21h00 – Noite de Fados pela Associação “Os Amigos do Fado de Tomar”, com os fadistas Vasco Serra; Ana Fernandes; Luís Filipe Fortunato; Rute Xavier; António Lourenço; Carmen Dolores, acompanhados por Diogo Ferreira (Guitarra) e Rui Girão (Viola), com apresentação de António Leiria

Sexta, dia 19

10h00 – Apresentação do livro sobre Santa Iria dos alunos do 12.º ano do curso de Artes Gráficas do Agrupamento de Escolas Templários (Complexo Cultural da Levada)

21h00 – Sociedade Banda Republicana Marcial Nabantina

22h30 – Rancho Folclórico e Etnográfico de Alviobeira

Sábado, dia 20 (Dia de Santa Iria)

10h00 – Missa na Igreja São João Baptista

11h00 – Procissão

21h30 – 28.º aniversário da Rádio Cidade de Tomar (espetáculo de variedades)

Domingo, dia 21

16h00 – Rancho Folclórico “Os Camponeses” de Peralva

17h00 – Rancho Folclórico “As Lavadeiras” de Asseiceira

*Horário da feira: Segunda a Quinta, 15h00 às 24h00; Sextas, 15h00 à 01h00; Sábados, 11h00 à 01h00; Domingos, 11h00 às 24h00

 

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome