Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Sábado, Outubro 23, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar | Feira de Santa Iria não se realiza este ano devido à pandemia

A Feira de Santa Iria, que habitualmente acontece em outubro na cidade de Tomar, não se vai realizar este ano. Tal surge após aprovação de proposta pelo executivo da Câmara Municipal, no sentido de cancelar a edição de 2020 pelo atual contexto de pandemia de covid-19. Ainda assim a autarquia prevê encontrar forma de promover um encontro dos produtores locais de frutos secos, que habitualmente integravam a Feira das Passas.

- Publicidade -

Durante a reunião de Câmara do dia 20 de julho, o vereador com o pelouro das Feiras e Mercados, Hélder Henriques, disse que, em abril quando se começou a ponderar sobre a realização do tradicional certame, estava em crer e com esperança de que pudesse ser levado a cabo. Porém, por questões de segurança, saúde pública e bom senso pelos encargos financeiros que a autarquia iria ter de suportar em termos de contratação de serviços e bens que teriam de suceder três meses antes, além do risco que acarretaria, o vereador apresentou a proposta de cancelamento que foi aprovada por unanimidade.

Hélder Henriques referiu que se trata de uma “situação desconfortável” a do cancelamento, mas dada a evolução da pandemia no país, achou “prudente” optar-se por não realizar o evento.

- Publicidade -

“A situação atual [pandemia] e a responsabilidade que temos como autarcas faz com que seja mais prudente o cancelamento da Feira de Santa Iria de 2020”, disse, notando que a maioria dos operadores vem da zona de Lisboa e Vale do Tejo e isso representaria “um risco” tendo em conta o aparecimento diário de novos casos positivos de covid-19 naquela região.

Ainda assim, um primeiro procedimento para atribuição de lugares já foi realizado, ficando esses lugares “cativos” para 2021. Segundo o vereador, 83 lugares foram ocupados, restando cerca de 22% de lugares desertos.

Os lugares vagos irão a reunião de Câmara em 2021, no sentido de lançar procedimento para os ocupantes da edição do próximo ano.

Por outro lado, quanto aos produtores tomarenses que vendem os frutos secos na Feira das Passas, integrada na anual Feira de Santa Iria, a autarquia está a ponderar organizar um encontro destes produtores locais em outubro, “para que possam escoar os seus produtos”.

A proposta de cancelamento da Feira em 2020 mereceu aprovação e concordância dos vereadores do PSD.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome