Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Julho 25, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar: Feira de Santa Iria começa esta sexta-feira e prolonga-se até dia 25

A partir de sexta-feira e durante quase dez dias, a Feira de Santa Iria vai animar a cidade de Tomar com as suas tradições, frutos secos, produtos locais e um cartaz repleto de atividades onde o sagrado e o profano se cruzam.

- Publicidade -

Em destaque na Feira de Santa Iria vão estar os produtores locais de vinho, mel e azeite com um espaço em frente ao Convento de S. Francisco, num certame que mostra o que de melhor se produz no concelho de Tomar.

Os frutos secos, integrados na Feira das Passas, também vão marcar presença durante a Feira de Santa Iria e vão estar localizados no mesmo espaço do ano passo, ao lado do Tribunal.

- Publicidade -

O ponto alto das festividades em honra de Santa Iria realizam-se no dia 20 com a procissão em honra da mártir
O ponto alto das festividades em honra de Santa Iria realizam-se no dia 20 com a procissão em honra da mártir

A Feira, que evoca a padroeira da cidade de Tomar, terá como momento mais simbólico a evocação do martírio da Santa Iria que, diz a lenda ter sido martirizada junto ao Nabão e lançada ao rio. Esta cerimónia terá lugar no dia 20 de outubro, após a missa em ação de graças na Igreja de Santa Maria dos Olivais, às 10h, após a qual se realizará a procissão que seguirá pela Praceta Mário Nunes, Rua Manoel de Mattos, Av. Ângela Tamagnini, rotunda Raúl Lopes e Alameda Um de Março, até à Ponte Velha onde centenas de crianças lançaram pétalas ao rio, num espetáculo único de cor e carregado de simbolismo.

A Feira de Santa Iria, que pretende atrair, não só a população local, mas visitante oriundos de toda a região do Médio Tejo e arredores, decorrerá de segunda a quinta-feira entre as 15h e as 24h, sendo que à sexta-feira será das 15h à 1h da manhã; ao sábado das 11h à 1h e ao domingo das 11h às 24h.

No Convento de S. Francisco irá decorrer a exposição de trabalhos dos alunos das escolas do concelho alusivas à Santa Iria e no que toca à animação musical, a realizar no claustro do Convento de S. Francisco, irão subir ao palco o Grupo de Cantares da Gualdim Pais (dia 16, às 20h30); Banda Gualdim Pais (dia 16, às 22h); Banda da Pedreira (dia 17, às 17h); Banda “Liberalitas Julia” de Évora (dia 17, às 18h); Rancho de Alviobeira (dia 17, às 21h30); Banda Payalvense Manoel de Mattos (dia 18, às 17h); Rancho de Carregueiros (dia 18, às 21h); Grupo de Cantares Templários (dia 18, às 22h).

Ao longo da semana, entre o dia 19 e 25, será a vez de subir ao palco o Grupo de Cantares Populares “Os Nabantinos” (dia 19); – Espetáculo 26º Aniversário da Rádio Cidade de Tomar (dia 20); Rancho “Os Camponeses da Peralva” (dia 21); Rancho “Os Camponeses de Minjoelho” (dia 22); Banda Nabantina e Rancho da Linhaceira (dia 23); Grupo de Cantares Pé na Música e Rancho “As Lavadeiras” de Asseiceira (dia 24); e no último dia a animar o certame estará o Grupo de Cantares d’Pedra & Cal e Rancho “Os Canteiros” (dia 25).

Para além dos divertimentos, dos vendedores de produtos diversos, e dos espaços dedicados a entidades e empresas do concelho, não faltarão também as habituais tasquinhas, da responsabilidade de coletividades locais, concentradas junto do restante espaço da Feira, na Várzea Grande.

Entrou no mundo do jornalismo há cerca de 13 anos pelo gosto de informar o público sobre o que acontece e dar a conhecer histórias e projetos interessantes. Acredita numa sociedade informada e com valores. Tem 35 anos, já plantou uma árvore e tem três filhos. Só lhe falta escrever um livro.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here