Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Domingo, Agosto 1, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar | “Fábricas das Artes” nasce na antiga moagem ‘A Portuguesa’

O espaço da antiga moagem ‘A Portuguesa’ ganhou nova vida a 16 de junho, com a inauguração do projeto “Fábrica das Artes”. A moagem ganhou assim um novo aproveitamento para promover as artes e ofícios tradicionais de Tomar.

- Publicidade -

O projeto que agora abre portas ao público (de forma experimental) engloba diferentes vertentes. Por um lado, promove a reabilitação e valorização patrimonial, enquanto o processo de musealização da antiga fábrica é aguardado, permitindo assim que o espaço conheça uma nova dinâmica baseada na criatividade, através da instalação de oficinas e ateliers criativos, cuja programação e curadoria ficará a cargo do Município.

Segundo a vereadora da Câmara de Tomar, Filipa Fernandes, com o pelouro da Cultura, “numa primeira fase será dado realce ao saber-fazer da Festa dos Tabuleiros, com todos os artesãos presentes dedicados à latoaria, cestaria, olaria, confeção de rodilhas, de flores. Esta mostra decorrerá no rés-do-chão”.

- Publicidade -

Já nos três primeiros pisos do edifício terão lugar “oficinas criativas, com artistas tomarenses, que ali desenvolverão atividade com o seu atelier, dinamizando artes criativas”.

No último piso decorrerão “oficinas criativas em registo de residências artísticas, contando com artistas de fora do concelho que vêm a Tomar apresentar os seus trabalhos, durante um período de tempo limitado”, e que também serão alusivos a estas saberes, artes e ofícios.

A antiga fábrica de moagem “A Portuguesa” foi fundada por Manuel Mendes Godinho em 1912, sendo um dos polos industriais históricos no concelho. Insere-se no Complexo Cultural da Levada, junto de outros polos como a antiga Central Elétrica e os lagares. Foto: CMA

O edifício da Moagem A Portuguesa data de 1912 e é parte integrante do Complexo Cultural da Levada de Tomar, um conjunto arquitetónico de relevância edificado junto e sobre o rio Nabão e que conta a história deste equipamento industrial desde o séc. XII até ao séc. XX.

A transformação da fábrica da Moagem em unidade museológica será uma realidade, em breve, mas enquanto este processo não avança, os cinco pisos que constituem este espaço vão ser ocupados com o projeto “A Moagem – Fábrica das Artes”, cuja relevância cultural e patrimonial se assinala.

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome