Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Terça-feira, Setembro 28, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar | Executivo camarário discute atuação dos bombeiros em caso de incêndio

“Estamos em estado de prontidão máxima”. A garantia foi dada por Anabela Freitas (PS), presidente da Câmara de Tomar na reunião de câmara desta segunda-feira, 19 de junho, a propósito do tema incêndios.
O incêndio de Pedrógão Grande, assunto que marca a atualidade foi incontornável, sendo que, após todas as forças eleitas prestarem a sua solidariedade às vítimas deste incêndio, surgiu a preocupação de como é que os meios vão reagir se uma eventualidade do género ocorrer no concelho.
Anabela Freitas (PS) disse o concelho está em aviso laranja meteorológico e alerta laranja em termos de dispositivo. “Vamos-mos manter em estado de prontidão máxima para o caso de acontecer alguma coisa no nosso concelho. Com a afetação de meios para os incêndios de maior dimensão no país os meios demorarão mais tempo a chegar”, disse. Referiu ainda que contactou com as Câmaras de Figueiró dos Vinhos, Pedrógão Grande e de Castanheira de Pera no sentido de mostrar a sua solidariedade e disponibilizar todo o apoio necessário para estes concelhos.
O vereador do PSD, João Tenreiro, lamentou que a prevenção tenha sido “abandonada”, sublinhando que o dinheiro que se podia canalizar para esta ação esteja a ser gasto, em dobro, no combate. Apelou ainda a uma política “mais ativa” por parte dos municípios que integram a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo. Já o vereador Pedro Marques, dos Independentes por Tomar, focou o aspeto do ordenamento do território e os eucaliptos, lamentando que a plantação seja desordenada e que só tenha por base uma política economicista. O eleito pediu ainda que sejam aplicadas coimas a quem não limpe os terrenos.

Aos 12 anos já queria ser jornalista e todo o seu percurso académico foi percorrido com esse objetivo no horizonte. Licenciada em Jornalismo, exerce desde 2005, sempre no jornalismo de proximidade. Mãe de uma menina, assume que tem nas viagens a sua grande paixão. Gosta de aventura e de superar um bom desafio. Em maio de 2018, lançou o seu primeiro livro de ficção intitulado "Singularidades de uma mulher de 40", que marca a sua estreia na escrita literária, sob a chancela da Origami Livros.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome