Apoie o jornalismo que fazemos,
junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Quarta-feira, Dezembro 1, 2021

Apoie o jornalismo que fazemos, junte-se à nossa Comunidade de Leitores

- Publicidade -

Tomar | Espaços do Cidadão do concelho equipados com proteções de acrílico

Os cinco Espaços Cidadão do concelho de Tomar já foram equipados com barreiras em acrílico, uma forma de proteção e prevenção do contágio por covid-19. Tal medida visa “garantir a proteção quer de trabalhadores, quer de utentes”, e por esse facto o Município de Tomar procedeu à colocação destas barreiras, à semelhança do que já fez noutros balcões de atendimento ao público municipais.

- Publicidade -

A autarquia explica que esta medida foi implementada devido à atual situação epidemiológica provocada pelo novo coronavírus “foi necessário arranjar alternativas viáveis no sentido de proporcionar aos cidadãos a mesma proximidade, mas ressalvando todas as questões proteção e de segurança”

Sendo os Espaços Cidadão locais de coexistência de serviços, quer da administração central, quer local, bem como de entidades privadas que prestam serviços de interesse público,  assegurar o atendimento em segurança num modelo que pretende servir melhor os concidadãos, com maior rapidez e proximidade entre as pessoas e as entidades públicas.

- Publicidade -

Localização e horários dos Espaços de Cidadão:

Espaço Cidadão da União das Freguesias de Serra e Junceira
Largo Augusto dos Santos Beco, n.º 47
Junceira
Horário: Dias úteis das 9h às 12h, exceto às quintas-feiras.

Espaço Cidadão de Asseiceira
Rua Dr. Marcelo Caetano, n.º 23
Asseiceira
Horário: Todos os dias úteis das 9h às 13h

Espaço Cidadão de Chão de Maçãs Gare
Chão de Maçãs Gare
Horário: Todos os dias úteis das 10h às 12h e das 13h às 16h

Espaço Cidadão de Paialvo
Rua Principal, n.º 1
Carrazede
Horário: Todos os dias úteis das 14h às 17h

Espaço Cidadão de S. Pedro de Tomar
Rua da Igreja
S. Pedro
Horário: Temporariamente encerrado

Formada em Jornalismo, faz da vida uma compilação de pequenos prazeres, onde não falta a escrita, a leitura, a fotografia, a música. Viciada no verbo Ir, nada supera o gozo de partir à descoberta das terras, das gentes, dos trilhos e da natureza... também por isto continua a crer no jornalismo de proximidade. Já esteve mais longe de forrar as paredes de casa com estantes de livros. Não troca a paz da consciência tranquila e a gargalhada dos seus por nada deste mundo.

- Publicidade -
- Publicidade -

DEIXE UMA RESPOSTA

Faça o seu comentário, por favor!
O seu nome